quarta-feira, 1 de julho de 2009

AÇÃO ENERGÉTICA DA SEMAM/PMF CONTRA A POLUIÇÃO VISUAL É APLAUDIDA PELA SOCIEDADE.

Vem obtendo grande repercussão positiva, em Fortaleza, a campanha desencadeada pela Prefeitura de Fortaleza. O secretário Deodato Ramalho, da SEMAM, vem recebendo elogios da população e de vários programas de rádio e televisão, entre outros, dos programas das rádios O POVO AM (Nonato Albuquerque/Adísia Sá), Cidade (Cid Carvalho), Ceará Rádio Clube (Augusto Borges), toda a rede de rádio do Fala Ceará, Verdes Mares, e das televisões TV Diário, TV Fortaleza, TV Cidade. Vejam a matéria da TV Diário, com entrevista do Secretário, e comparece o antes e o depois da retirada de engenhos de publicidade. Segundo o secretário da SEMAM, que se encontra em São Paulo participando do Congresso Internacional de Soluções em Saneamento e Meio Ambiente, as ações serão intensificadas com a notificação dos responsáveis pela colocação de placas, outdoors etc. ilegais, para que, voluntariamente, retirem esses engenhos, seguindo-se com a retirada pela própria equipe da Secretaria, caso as notificações não surtam efeito. Serão notificados não apenas os donos dos imóveis, mas também as agências de publicidade e os anunciantes.
video

6 comentários:

Anônimo disse...

ENGRAÇADO ENQUANTO A PRACINHA DO CEMITÉRIO DE BOA VIAGEM ESTÁ AS ESCURAS NA PRAÇA MONSENHOR jOSÉ CANDIDO TROCARAM TODAS AS LÃMPADAS SEM PRECISÃO EM MENOS DE CINCO HORAS SÓ PARA O PREFEITO APRESENTAR OS SEUS DEPUTADOS QUE SE DEUS QUISER VÃO RODAR QUE A PONTA VAI PASSAR.
TE CUIDA PARAMBU E PODE MANDAR DINHEIRO PRA COMPRAR VOTO.
INCLUSIVE OS DINHEIROS "BENTOS"

Ricardo disse...

Parabens Deodatinho. Hoje ouvi a jornalista Adísia Sá elogiando a iniciativa. A nossa prefeita não poderia ter feito uma escolha melhor. A prefeitura com você entrou na pauta positiva.

Alfredo Carlos !! disse...

Amigos blogueiros,

Quando se trata de algo que atinge todos nós, a Imprensa falada, escrita e televisada entra logo em ação. Dessa forma quero parabenizar toda sociedade civil por esse mutirão de ações e de idéias para que Fortaleza volte a respirar um ar socialmente mais puro.

Anônimo disse...

Este Senadores do PT estão realmente no Circo,a única coisa que não sabem é se estão na Platéia ou no Picadero. O dono do Circo,não arreda o pé e seu Sócio(Majoritário) viaja para Paris e não está nem aí...Enquanto isso seu Dédé,vamos engolindo mais uma nova,ou seja,a da casa de 4 milhões no Paronoá.E a Receita Federal onde está???Não precisamos criar discussões a respeito porque seé em vão,o Deputado, que é só Deputado com a casa de 25 milhões ja foi isento de responsabilidade,imaginem o Sarney que comprou uma tapera de 4 mi para morar(mal)???Nem pensar...vão dizer até que êle economizou do dinheiro que pagamos essas farrinhas...

Anônimo disse...

O Sagrado e o profano.Para o saudoso Padre Paulo;realizar-se eventos festivos com bebedeiras,orgias, etc, nas imediações da Igreja matriz seria um ato profano, ou seja , para ele maculava a imagem da casa de Deus, por isso ele nunca parmitia...Para o atual vigário até o ano passado seria um absurdo e também profanagem realizar-se algum evento festivo nas proximidades da matriz católoca. No entanto, no atual cenário político, o reverendo entende que não é mais profano, pois além de permitir a festa, autorizou que se fechassem as entradas em todos os sentidos que dão acesso a igreja.
Dito isto.
Cabe uma reflexão: Para o Mons Horlando!? O profano era o Mazinho? E o Fernando o sagrado?

Anônimo disse...

A surpresa boa da camara esta sendo Salmito, mas até agora não vi produção na camara do Joao Alfredo. Talvez ele esteja com dificuldades para fazer alguma coisa contra a maioria luizianista, pois concordo com a compra dos parlamentares de Fortaleza. Não compreendo como um "governito" que foi povão, passou por todas as etapas políticas para fazer alguma coisa em beneficio do povo e da cidade precise comprar posturas e exigir bajulação possa se dizer governo. Isso não é anarquia barata. Mas a lição vem lá de cima com o Lula, que diz aos maiores ladrões desse pais que as pessoas exageram na punição coletiva. É dessas atitides que surgem governos vazios de ações, de trabalho e de vergonha.