terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Blog da Dilma

Dilma Rousseff | secom.gabinete@planalto.gov.br
06/12/2011 às 12:55h

Dilma responde sobre o Programa Luz para Todos

Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff
 
Henrique Luz dos Santos Maia, 54 anos, engenheiro mecânico em Tubarão (SC) – Há tempos não ouço falar nem leio nada sobre o programa Luz para Todos. Não acredito que o Brasil todo esteja coberto. Este programa acabou?

Presidenta Dilma – O programa Luz para Todos continua em execução. Em julho deste ano, eu prorroguei sua vigência para 2014. Nessa nova fase, Henrique, o programa vai priorizar o atendimento dos beneficiários do plano Brasil sem Miséria, de pessoas residentes em áreas do Territórios da Cidadania ou em áreas de distribuidoras de energia elétrica cujo atendimento tenha impacto tarifário mais elevado. Continuarão sendo atendidos assentamentos rurais, comunidades indígenas, quilombolas, comunidades de reservas extrativistas, escolas, postos de saúde e poços de água comunitários. Desde 2003, quando o programa foi lançado, até outubro deste ano, a energia elétrica já tinha chegado a mais de 2,9 milhões de lares, beneficiando 14,3 milhões de pessoas. Isso já é muito mais que a meta inicial, que era de 2 milhões de moradias. É o maior programa de inclusão energética do mundo, com resultados sociais extraordinários. Ajudou a interromper o êxodo rural e a promover o retorno para o campo. Mais de 687 mil pessoas voltaram às suas regiões após a chegada da energia. As famílias começaram a adquirir bens que antes não podiam. Uma pesquisa do Ministério de Minas e Energia mostrou que 79,3% dos domicílios beneficiados passaram a ter televisão, 73,3% compraram geladeira e 45,4% adquiriram algum equipamento de som.
Omar Everton, 38 anos, logística de circulação de jornal em Barreiras (BA) – Por que o programa Água para Todos não chegou ao interior da Bahia?

Presidenta Dilma – Já começou a chegar, Omar. Na primeira fase do Água para Todos, que lançamos em julho, dez municípios baianos já foram contemplados. Esse número será ampliado, priorizando as comunidades mais carentes, de acordo com as informações do Cadastro Único de Programas Sociais. O programa tem um objetivo e uma prioridade. O objetivo é garantir o acesso à água, que é um direito de todos os cidadãos. A prioridade é levar água a 750 mil famílias em situação de extrema pobreza, que vivem
no semiárido nordestino e no norte de Minas Gerais e sofrem com problemas crônicos de abastecimento. Até 2014, serão implantadas 750 mil cisternas, criados 6 mil sistemas simplificados de abastecimento, 3 mil pequenos barreiros, 150 mil cisternas de produção e 3 mil pequenos sistemas de irrigação. Além do Água para Todos, Omar, estamos fazendo outros investimentos para garantir o acesso à água aos nordestinos, como a Integração da Bacia do São Francisco, construção de adutoras, açudes, canais de irrigação e sistemas urbanos de abastecimento. São ações que, juntas, vão garantir a água para o consumo e para a produção e, assim, permitir o pleno desenvolvimento humano e a segurança alimentar e nutricional de milhões de brasileiras e brasileiros.

Sonielson Luciano de Sousa, 34 anos, publicitário em Palmas (TO) – Praticamente não se vê mais falar, na grande mídia, em ocupação de áreas improdutivas por parte dos movimentos sociais. Temos, aí, um sinal de ampliação constante, por parte do governo, da indispensável reforma agrária?

Presidenta Dilma – O governo federal tem feito a sua parte, Sonielson. Temos um projeto amplo de reforma agrária, que busca não só democratizar o acesso à terra, mas também garantir segurança jurídica à posse da terra e fornecer crédito e assistência técnica para a produção. A área incorporada ao programa de reforma agrária saltou de 21,1 milhões de hectares em 2003 para 48,3 milhões em 2010. Atualmente, há mais de 900 mil famílias assentadas. Este ano, já investimos R$ 530 milhões na obtenção de novas áreas. Mas não basta garantir acesso à terra. Para que as famílias tenham vida digna no campo, promovemos mutirões de documentação, educação de jovens e adultos, assistência técnica, damos apoio à agroindustrialização da produção, condições para o escoamento da produção, acesso à moradia e outros instrumentos. Com o Brasil sem Miséria, por exemplo, há uma parceria inédita com supermercados, que estão comercializando a produção de agricultores familiares extremamente pobres. Há muito a fazer, mas os brasileiros do campo estão hoje inseridos em um conjunto de ações que lhes proporciona terra mais produtiva e vida melhor. E esses avanços ocorrem com diálogo franco e aberto do governo federal com os movimentos sociais do campo.

11 comentários:

Anônimo disse...

Queria aqui saber oq aconteceria se chegasse ao conhecimento de nossa presidente o que vêm se passando em nossa cidade de pessoas vendendo inscrições de um programa tão serio como o minha casa minha vida beneficiarios pagando para participar isso é se realmente participam pq ficou bem claro nas palavras de nossa presidente a forma como as pessoas se enquadram nesse programa que cá para nós em nada se parece com o sistema que pessoas que se dizem de bem e são defendidas por outras que pregam a verdade ea transparencia. ministerio publico fique de olho.

BV-Publicidades-CE disse...

Atenção Amigos e leitores desse Blog.
Pesquisa para Prefeito de Boa Viagem:

Cidade atualmente com 54 mil habitantes. 34 mil eleitores aptos a votarem em Outubro de 2012.

Foram consultados apenas 420 eleitores em todo o Município.

- Primeiro Cenário:

Monsenhor Orlando no lugar do Fernando Assef, Netinho no lugar do Márcio Ary e Adriano Silva no lugar do Ademir Carneiro.

Se as eleições fossem hoje, responderam o seguinte:

Aline Vieira - 53%
M.Orlando - 18%
Netinho Ramalho - 13%
Adriano Silva - 11%
Branc. Nulos e
Indecisos - 05%


Segundo Cenário:

-Saindo Mons. Orlando e entrando Dr. Gutemberg Mendes.

Se as eleições fossem hoje, você votaria em quem:

- Aline Vieira - 54%
- Dr. Gutemberg - 14%
- Netinho Ramalho- 16%
- Adriano Silva - 13%
- Branc. Nulos e
indecisos - 03%


PS. Vejam que os dois candidatos que substituem o Prefeito, são de fracos desempenho, provocando uma subida no candidato do PT Netinho Ramalho.

-Grande abraço em todos e até a próxima pesquisa.

margarida disse...

Este nosso pais Brasil parece uma prostituta, vem esta turma de interesse financeiro e o nosso pais como uma bela prostituta vai abrir as pernas, vão mexer na lei do torcedor e vender bebida alcoólica nos estádios e ainda vêm políticos safados “como todos são” dizer que somos independente, um pais que só dança o que os americanos tocam, ETA BrasilZINHO. e agora nao me venham este defensores de Hipócritas achar que esta certo.

Amâncio José disse...

Peguei essa citação no Facebook do Edson Filho, postada pelo Ulisses Lima:
“...Uma soma enorme de previsões e promessas que nunca mais serão conferidas ou cumpridas...”


No caso de Boa Viagem cumprir promessas de campanha não é o forte mesmo, especialmente desse que aí está, até porque as promessas são utópicas, tipo: “aumento de 100% no salário dos professores a partir do primeiro dia de mandato”, “liberar uso de capacete” “bolsa família municipal para todos que atingir o perfil” e outras.
Agora quanto a conferir se são cumpridas ou não, cabe à população, aos Vereadores e à imprensa.
Esperar que o povo de Boa Viagem fiscalize é querer tirar leite de pedra. Esperar dos Vereadores aí é acreditar em duende. Quanto à imprensa, todos sabem que apenas a Rádio Liberdade faz esse papel de fiscalização e por esse motivo é criticada pelos simpatizantes do Prefeito e excluída da propaganda da prefeitura, pois a Rádio Asa Branca propriedade do Prefeito presta serviço à Prefeitura e ninguém acha isso anormal.
Engraçado é que em Boa Viagem os mesmos que silenciam diante da corrupção na esfera municipal e criticam a Rádio Liberdade por denunciá-las, são os mesmos que aplaudem a grande imprensa quando denuncia casos de corrupção no governo Lula-Dilma. Dá para entender? Tá tudo dominado.

antonio carreia disse...

Mesmo nao votando neste prefeito hoje com as bobeiras que o Marcio Ary de uma coisa ele pode esta certo o fernando ganhou mesmo, mesmo assim vou de aline

Deodato Ramalho disse...

Seria interessante o anônimo que menciona uma possível fraude no programa Minha Casa, Minha Vida, passar informações mais concretas para denunciarmos o fato. Sugiro procurar saber exatamente do que se trata, pois há diferentes programas habitacionais, com peculiaridades próprias.

Anônimo disse...

Margarida será que você é daquelas que critica bebida alcóolica nos estádios e bate palmas quando o prefeito de boa viagem excita o consumo no patamar da igreja ATÉ PARA MENORES DE IDADE.

Anônimo disse...

Me digam de quem é essa tal de BV Publicidade? Tem registro? Só pode ser um idota mesmo essa tal de BV Publicidade, da onde a Aline Ganha do Dr. Gutemberg? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Dr. Deodato as peculiaridades são criadas por quem organizam, não queiramos aqui fechar o olho para o que está a nossa frente as palavras da presidente foram bem claras as pessoas contempladas só terão que pagar algo após estarem em suas respectivas moradias e pagarão de acordo com sua renda.

margarida disse...

este Dr Gutemberge e o mesmo que so passa Ibuprofeno, o mesmo que deixa a fila de pessoa esperar por ele e manda a auxilair de enfermagem deixar juntar para ele passar a vassoura, e o memo que ganha mais de 20 mil para benzer o povo o mesmo que tem o sorriso de iena e por traz fala ate dos pacientes fazendo gracinha e o mesmo que chama a Secretaria de \Saude de MINHA GENERAL quando ela trata mal as pessoas, este GUTEMBA a mascara dele esta proximo de cair. mais como o nossso povo e tao carente que sendo tratado com o sorriso falso acha que esta tudo bem, pobres criaturas que nao conhecem seus direitos.

Deodato Ramalho disse...

Fica difícil racionar sobre incógnitas. Os programas habitacionais do governo têm suas regras claras, não é quem "organiza" que as criam. Seria muito bom termos as informações para podermos dizer alguma coisa.