quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

NADA DE CONDENAÇÃO ANTECIPADA. QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO APRESENTE AS PROVAS.

Prefeito, presidente da Câmara Municipal, vereador e secretários são presos em Pacajus

15.12.201110:19
Após a prisão do prefeito de Pacajus, Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo (PSDB), na manhã desta quinta-feira, 15, a Polícia apreendeu, na residência do gestor, um veículo modelo Hilux SW4, além de R$ 45 mil em espécie. Segundo a Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), o carro apreendido havia sido alugado por contrato em nome do Município.Além do prefeito; a filha e o genro dele; o presidente da Câmara Municipal, uma procuradora e vários secretários municipais foram presos durante operação desencadeada em Pacajus. Todos são acusados de desvio de recursos públicos, peculato, lavagem de dinheiro público, formação de quadrilha, fraude em procedimentos licitatórios e enriquecimento ilícito.

A ação foi deflagrada pela Polícia Civil do Ceará em parceria com o Ministério Público do Estado (MPE), por meio dos promotores de Justiça da Procap. Além do veículo e do dinheiro apreendidos na residência do prefeito, foram encontradas armas e munição na casa dos demais acusados.

Segundo o promotor Luís Alcântara, todos os envolvidos deverão ser encaminhados à Delegacia de Capturas, em Fortaleza. Já o material apreendido durante a operação será encaminhado à Divisão de Homicídios, na Capital. 

A Procap cumpre em Pacajus (Região Metropolitana de Fortaleza) e em Fortaleza pelo menos 11 mandados de prisão e ainda outros de busca e apreensão, todos expedidos pelo desembargador Francisco Darival Bezerra Primo

Veja abaixo a lista dos gestores que encontram-se presos:

Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo (Prefeito Municipal de Pacajus); 
Luciana Pereira Figueiredo (filha do prefeito);
Jorge Clementino Diego (genro do prefeito); 
Érica Leandro de Alencar (procuradora do Município); 
Antônio Héder Holanda da Silva (secretário de Finanças); 
Neudeci Honorato Erculano (esposa do secretário de Finanças); 
Valmir de Sousa Falcão (secretário municipal); 
Anercília Maria de Sousa (presidente da Comissão de Licitação); 
Francisco Carlos Alves Martins (presidente da Câmara Municipal); 
Jocélio Bezerra Almeida (vereador); 
Vitório Andson de Sousa Lima (contador da Câmara Municipal). 

Secretários municipais afastados de seus respectivos cargos:

Erisvaldo Oliveira da Silva (Educação); 
Geruza Maria Albuquerque (Trabalho e Desenvolvimento Social);
Ana Maria Maia Menezes (Saúde).


8 comentários:

Anônimo disse...

Saques,empilhamentos existem em toda parte do mundo,em toda a História da Humanidade, de guerras, conquistas, tragédias houve e sempre haverá saques,é só ler.... O que não tem nada haver com roubo dos políticos de dinheiro público. Como se diz no ditado,o povo é igual a um rebanho de gado ,não pensa.

Luís Carlos do BF ! disse...

CUIDADO PREFEITO FERNANDO ASSEF!!!

O SR. ESTÁ FZENDO COISAS QUE NÃO É PERMITIDA POR LEI !!!!!!

ESSE CARTÃO DE 50,00 REAIS É ILEGAL.

CUIDADO!! O SR. E A ISABEL CRISTINA, PODEM PARAR NO XILINDRÓ!!

OLHEM OS EXEMPLOS DE PACAJUSSS!!

TÃO DE OLHO NO SR. PREFEITO!!!

CUIDADO ISABEL !!! CADEIA É PRÁ MULHER TAMBÉM!!!

Deodato Ramalho disse...

Saques de guerras é uma coisa. Outra, é a ação desonesta de indivíduos ou de grupos. É essa seletividade na hora de cumprir as regras morais, éticas e legais que têm, historicamente, colocado mal os brasileiros.

Anônimo disse...

Que pena que não foi em boa viagem.

PSDB disse...

Fernando Henrique divulga nota à imprensa

Infâmia

A infâmia, infelizmente, tem sido parte da política partidária. Eu mesmo, junto com eminentes homens públicos do PSDB, fomos vítimas em mais de uma ocasião, a mais notória das quais foi o “Dossiê Cayman”, uma papelada forjada por falsários em Miami para dizer que possuíamos uma conta de centenas de milhões de dólares na referida ilha. Foi preciso que o FBI pusesse na cadeia os malandros que produziram a papelada para que as vozes interessadas em nos desmoralizar se calassem. Ainda nesta semana a imprensa mostrou quem fez a papelada e quem comprou o falso dossiê Cayman para usá-lo em campanhas eleitorais contra os tucanos. Esse foi o primeiro. Quem não se lembra, também, do “Dossiê dos Aloprados” e do “Dossiê de Furnas”, desmascarado nestes dias?

Na mesma tecla da infâmia, um jornalista indiciado pela Polícia Federal por haver armado outro dossiê contra o candidato do PSDB na campanha de 2010, fabrica agora “acusações”, especialmente, mas não só, contra José Serra. Na audácia de quem já tem experiência em fabricar “documentos” não se peja em atacar familiares, como o genro e a filha do alvo principal, que, sem ter culpa nenhuma no cartório, acabam por sofrer as conseqüências da calúnia organizada, inclusive na sua vida profissional.

Por estas razões, quero deixar registrado meu protesto e minha solidariedade às vítimas da infâmia e pedir à direção do PSDB, seus líderes, militantes e simpatizantes que reajam com indignação. Chega de assassinatos morais de inocentes. Se dúvidas houver, e nós não temos, que se apele à Justiça, nunca à infâmia.

São Paulo, 15 de dezembro de 2011

Fernando Henrique Cardoso

PTZAO disse...

Esse larápio medonho Fernando Henrique devia tá preso, agora vem falar em acusação leviana, quer dizer que quando é contra alguém do partrido dos trabalhadores aí pode é?

Deodato Ramalho disse...

Por isso SEMPRE FALO "NADA DE CONDENAÇÃO ANTECIPADA". Esse "PSDB" e também o desmomoriado FHC fingem esquecer que, por exemplo, o denunciante do "mensalão" é o réu confesso Roberto Jefferson. E os negócios fabulosos da filha do Serra e do filho do FHC? E o famoso telefonema do Mendonça de Barros, expoente do PSDB, ao FHC falando sobre as falcatruas da privatização das teles "ESTAMOS NO LIMITE DA IRRESPONSABILIDADE".

Amâncio José disse...

Já sonhei acordado, dormindo. Refiz o caminho e voltei a sonhar e ontem visitando minha querida Boa Viagem não consigo mais sonhar dormindo. Tenho pesadelos acordado e principalmente dormindo ao ver que a nossa terra está tão abandonada. Parece cenário de um filme de faroeste onde sobraram apenas placas. Tomara que essa percepção seja apenas visual e de fato esteja acontecendo uma revolução em nosso município. E se não for pesadelo ou miragem, será que Boa Viagem tem jeito...
Boa Viagem eu Te Amo. Feliz Natal.