sábado, 30 de outubro de 2010

BISPO DE SANTA CATARINA DIVULGA CARTA DE APOIO À DILMA ROUSSEF.


Bispo de Caçador divulga carta em apoio a Dilma
por Jair Stangler - 29.outubro.2010 18:48:51
Jair Stangler
O bispo Dom Luiz Carlos Eccel, de Caçador, Santa Catarina, divulgou nesta sexta-feira, 29, uma carta de apoio à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, um dia depois que o papa Bento XVI pediu aos bispos que orientassem os fíéis para votar em candidatos “contra o aborto e a favor da vida”.
É o segundo texto de apoio a Dilma que o bispo divulga. O primeiro data do dia 12 de outubro. No texto divulgado nesta sexta, o bispo afirma que “o Santo Padre foi muito oportuno e feliz nas suas colocações”, mas alerta para “facções sociais, políticas e religiosas” dentro da própria igreja que “estão manipulando o texto do papa, para justificar a sede do poder”.
Depois, Dom Luiz afirma que viu nos telejornais que tanto Dilma quanto o candidato tucano, José Serra, concordaram com o papa: “Ambos concordaram com as Palavras do Papa, dizendo que é missão dele exortar para uma vida coerente com os valores da fé e da moral, e que as palavras do Papa valem para todas as pessoas de fé, no mundo inteiro”.
A seguir, o bispo afirma que Lula “tem defendido a vida, e sempre se pronunciou contra o aborto. Nesses últimos anos o Brasil tem crescido e melhorado em todos os aspectos, de maneira especial no respeito à vida e a valorização da dignidade humana. Esta é a Vontade de Deus! E as pessoas, em plena posse de suas faculdades mentais, vão reconhecer esta verdade.”
De acordo com Dom Luiz, “nosso país está em pleno desenvolvimento e assim queremos continuar”.
O bispo ainda destaca que Dilma “não fugiu para o exterior durante a ditadura, mas a enfrentou com garra e, por isso,foi presa e torturada. Ela queria um país livre, e que todas as pessoas pudessem viver sem medo de serem felizes, vencendo a mentira e o ódio com a verdade e o amor”.
Ele cita ainda palavras de Jesus para justificar seu apoio à petista: “Ninguém tem maior amor do aquele que dá a própria vida pelos irmãos.”
Ao final, o bispo agradece as palavras do papa: “Obrigado Santo Padre por suas sábias palavras! A Dilma é a resposta para as nossas inquietações a respeito da vida. Quem sofreu nos porões da ditadura, não mata.”
Leia abaixo a carta de Dom Luiz Carlos Eccel na íntegra:
O papa e a política
Já havia lido o discurso do Papa Bento XVI, aos Bispos do Maranhão, em visita ad limina apostolorum.Muito interessante o discurso do Papa. Ele não pode deixar de cumprir sua missão de Pastor Universal,exortando o Povo de Deus, especialmente no que diz respeito à defesa da VIDA.
O Santo Padre foi muito oportuno e feliz nas suas colocações, porque o Estado Brasileiro é laico,mas seu povo é religioso, e isto precisa ser respeitado. Quando digo que o povo é religioso é porque está disposto a fazer a Vontade de Deus e não somente dizer: Senhor, Senhor…, como às vezes se pretende,de maneira especial dentro da própria Igreja. Existem facções sociais, políticas e religiosas especializadasem fazer lavagem cerebral, deixando as pessoas sem convicções, mas com obsessões, e com a consciênciainvencivelmente errônea. Ficam semelhantes aos grãos de pipoca que levados ao fogo não estouram, e com mais fogo, mais duros ficam. Tornam-se donas da “verdade”. Estão até manipulando o texto do Papa, para justificar a sede do poder. (cf. http://www.releituras.com/rubemalves_pipoca.asp)
É a Vontade de Deus que nos salva e não a nossa, e sobre isto precisamos sempre nos exortar mutuamente, como diz o Apóstolo São Paulo. Portanto, que nossa fé seja sempre vivificada pela mútua exortação. Pode ocorrer de nos esquecermos que somos todos peregrinos caminhando para a Casa do Pai,e quando lá chegarmos, poderemos ouvir de Jesus o seguinte: “Afastai-vos de mim, vós que praticastes ainjustiça, a maldade” (Lc13,27). Creio que ninguém vai querer ouvir isto naquela hora. Seu passaporte está em dia? Pode ter certeza de que a eternidade existe… Assim, busquemos alimentar nossa fé, sem esquecer, como diz o Papa, que ela deve implicar na política. A fé sem obras é morta, diz a Escritura Sagrada. E uma das obras que deve provir da fé, é o nosso voto consciente em pessoas que vão governar para o bem comum, respeitando a vida em todas as suas etapas e dimensões.
No mesmo dia em que li o discurso do Papa, assistindo ao telejornal, à noite, escutei o pronunciamento da candidata e do candidato à presidência do Brasil a respeito do discurso do Papa. Ambos concordaramcom as Palavras do Papa, dizendo que é missão dele exortar para uma vida coerente com os valores da fé eda moral, e que as palavras do Papa valem para todas as pessoas de fé, no mundo inteiro.
O Papa falou, também, que o voto deve estar a serviço da construção de uma sociedade justa e fraterna, defensora vida.
Como Bispo da Igreja Católica, e como cidadão brasileiro, fico feliz por saber que nosso Presidente tem defendido a vida, e sempre se pronunciou contra o aborto. Nesses últimos anos o Brasil tem crescido e melhorado em todos os aspectos, de maneira especial no respeito à vida e a valorização da dignidade humana. Esta é a Vontade de Deus! E as pessoas, em plena posse de suas faculdades mentais, vão reconhecer esta verdade.
Nosso país está em pleno desenvolvimento e assim queremos continuar e, depois de 500 anos, nosso povo quer eleger, pela primeira vez, uma mulher que tem compromisso com a vida e provou isso com suaprópria vida. Como? Ela não fugiu para o exterior durante a ditadura, mas a enfrentou com garra e, por isso,foi presa e torturada. Ela queria um país livre, e que todas as pessoas pudessem viver sem medo de seremfelizes, vencendo a mentira e o ódio com a verdade e o amor, servindo aos ideais de liberdade e justiça, com sua própria vida. Disse Jesus: “Ninguém tem maior amor do aquele que dá a própria vida pelos irmãos” (Jo15,13).
Obrigado Santo Padre por suas sábias palavras!

A Dilma é a resposta para as nossas inquietações a respeito da vida. Quem sofreu nos porões da ditadura, não mata. Mas teve gente que matou a vida no seuventre para fugir da ditadura, e portanto não deveria se comportar como os fariseus, que jogam pedras,sabendo-se pecadores. E Jesus disse: “Quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la, e quem entregar sua vida por causa de mim, vai salvá-la”(Mt 10,39)
Vamos fazer o nosso Brasil avançar ainda mais, com Dilma, que já provou ser coerente, competente e comprometida com a VIDA. O dragão devastador não pode voltar ao poder.
Deus abençoe os leitores e eleitores, governos e governados. Saúde e paz a todos (as)!
Tudo o que você me desejar, eu lhe desejo cem vezes mais. Obrigado.
Caçador, 28 de outubro de 2010
Dom Luiz Carlos Eccel

Bispo Diocesano de Caçador

9 comentários:

Anônimo disse...

Pense num pessoal INTELIGENTE este de BOA VIAGEM ,o mais besta construiu um TÚNEL em poucos dias pra assaltar oBC , enquanto os ENGENHEIROS DO PT demorarm mais de um ano, pra fazer o TÚNEL da AV. Bezerra de Menezes com HUMERTO MONTE.

CARLOS disse...

BISPO DEVIA ERA NAO SE METER, QUANDO O PADRE RAIMUNDO FALOU ALGUMAS VERDADES FICARAM TODOS ZANGADOS COM ELE, QUER DIZER SO E BOM COM FAZ ELOGIOS A ESTA TERRORISTA? ESPERO QUE VOCES QUE ACHAM QUE ELA E A CONTINUAÇAO DE LULA, NAO VENHAM COM ARREPEDIMENTO TARDIO.

Deodato Ramalho disse...

Bispo, Padre, Papa podem sim falar de política. Na verdade, devem. A questão é quando o religioso mente, calunia, difama. O Padre Raimundo tem feito um discurso desqualificado, mentiroso há muito tempo. Mal sabe ele que muitos dos que o aplaudem são os mesmos que o desprezo, por preconceito pela sua origem humilde, pelo fato de ser negro. O padre Raimundo o exemplo mais concreto das lições do mestre Paulo Freire, que diz que o oprimido incorpora o pensamento do opressor, ou seja, o oprimido quando inconsciente, quando despolitizado, aplaude o seu próprio opressor. Ouvi, certa vez, o próprio padre Raimundo recriminando o dom Adélio por que, segundo ele padre Raimundo, o bispo dom Adélio defendia o PSDB e o Tasso.
O que mudou? Mudou o fato de o PT e o Lula ter mudado para melhor a vida dos mais pobres no Brasil. Na linha do oprimido que se submete à lógica do opressor, é isso que incomoda o padre Raimundo. Felizmente, a ampla maioria da igreja católica continua a sua caminhada de opção preferencial pelos pobres, daí o apoio majoritário dos católicos ao projeto de mudança hoje encanardo na candidatura vitoriosa de Dilma Roussef.

Anônimo disse...

Dom Luis, Não lhe conheço... mas percebo que tomou partido nesta campanha política ,como tantos outros colegas seus bispos, padres, ... Na sua diocese com certeza não são católicos somente pessoas do partido da Dilma. A igreja católica esta deixando tanto a desejar... esta tão longe dos ensinamentos de Jesus Cristo... Às vezes ouço sermões na Rede Vida, Século XXI e fico muito triste ao ver que pessoas que estudaram tanto... só encheram a cabeça de teorias... o corpo da celebração é sempre o mesmo... e o sermão e do pescoço para cima... sem alma... sem coração... Líderes da igreja católica... de norte a sul do Brasil e do mundo todo... acordem... senão... quando chegarem diante de Deus... terão que se arrepender de muitas palavras e atitudes vãs... Usem o vosso dia para compreender a mensagem de Jesus... E não transformá-la em jogo de interesses...
Dilma será vencedora com certeza... Mas vamos ver que surpresas teremos nos próximos anos...

Anônimo disse...

O Assalto ao banco central.
fizeram um filme.
A estréia em breve.

Martinho Cortez disse...

Dom Luiz,
meus parabéns pela simplicidade e clareza do seu pronunciamento!
O Evangelho de hoje redime Zaqueu, o grande ladrão de dinheiro público, e rebaixa TODOS que lá estavam só para criticar Jesus, que tomou o partido dele, Zaqueu.
Meu voto foi prazeroso, mesmo que haja causas evangélicas para defender em toda situação! fr.Martinho Cortez

Mãe que sofre por perder um filho disse...

Bom dia sr Bispo, sua benção, viu como nossa Dilma conseguiu ser a nova presidente do Brasil? mesmo com calúnias e difamações ela chegou lá agora é só pedirmos muito a Deus por ela, para que faça um bom governo e para que siga com os progetos de Lula, vitóriaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Muito bem colocada as suas palavras Bispo, parece que a voz do povo antes da eleição não estava fazendo a diferençapois era só abrir jornais e revista que estavão sentando a lenha na candidata, parecia que somente ela estava errada e a midia (parte)estava fazendo a lavagem celebral nas pessoas de bao indole, mais o gastigo vem, e quando vem ele vem a cavalo e as urnas provarão que o povo esta unidonum só projeto que é tentar viver com respeito e diguinidade que merece no mais que DEUS tenha piedade das pessoas de ma fé e as ilumine num caminho de paz e amor, Parabéns Brasileiros, Parabéns nossa Presidente do Brasil e viva nossa democracia.

Anônimo disse...

Pessoas que fazem comentários inóspitos e pouco inteligentes, somente "por dor de cotovelo", não deveriam escrever numa página tão importante, onde há textos publicados de uma inteligência e simpliciade raras para que todos possam entender a mensagem.