sábado, 9 de outubro de 2010

COM 17 AÇÕES O SERRA É O CAMPEÃO DE PROCESSOS. NÃO CAIU NA LEI DO FICHA LIMPA PORQUE SÓ TEM CONDENAÇÃO DE JUIZ. O TRIBUNAL AINDA NÃO JULGOU O RECURSO.


ELEIÇÕES 2010 / CONTAS A ACERTAR
José Serra é quem tem mais processos na Justiça
Levantamento analisou todas as 222 certidões que foram entregues ao TSE pelo nove candidatos à Presidência e seus vices
Serra, Temer e Eymael são os três que apresentaram certidões criminais positivas
THOMAZ PIRES
DA REDAÇÃO
Levantamento do Congresso em Foco sobre as certidões criminais dos presidenciáveis mostra que o tucano José Serra é quem mais responde a processos. De acordo com as certidões que ele mesmo apresentou, são 17 processos declarados à Justiça Eleitoral.
Ao todo, foram analisadas as 222 certidões entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelos nove postulantes à Presidência da República e respectivos vices. Michel Temer (PMDB), vice da candidata petista Dilma Rousseff, também aparece com três procedimentos criminais, além do candidato José Maria Eymael (PSDC), com duas certidões positivas.
Os demais candidatos à Presidência apresentaram certidões negativas, ou seja, que informam não haver processos contra eles.
Uma norma da legislação eleitoral obriga todos os candidatos a cargos eletivos a apresentarem, no ato do registro das suas candidaturas, certidões que informem a sua situação criminal, se respondem a processos e qual a situação de cada um deles. Sonegar essas informações, conforme a legislação, implica crime eleitoral.
A novidade neste ano é que as declarações criminais tornaram-se públicas, na página do TSE. Em parceria com o TSE, o Congresso em Foco obteve antes da publicação todas as informações sobre os registros de candidatura de todos os candidatos a cargos eletivos nas eleições de outubro. Foi possível, então, com mais tempo, analisar toda a documentação entregue pelos presidenciáveis.

Improbidade administrativa

Conforme a verificação na disputa presidencial, o caso mais grave refere-se ao candidato Serra, que além das 17 certidões positivas, soma três processos ativos, ambos por improbidade administrativa. Os casos correm na Justiça Federal do Distrito Federal e referem-se ao Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Sistema Financeiro Nacional (Proer).
O Proer foi um programa implementado no início do governo Fernando Henrique Cardoso de ajuda a bancos e instituições financeiras que enfrentaram dificuldades na virada do período de hiperinflação para o início do Plano Real. Na época, Serra era o ministro do Planejamento.
As ações envolvem diversas pessoas que tiveram algum grau de responsabilidade nas decisões do Proer. Os nomes mais conhecidos são Serra e o então ministro da Fazenda, Pedro Malan. Elas questionam a assistência concedida pelo Banco Central, no valor de R$ 2,975 bilhões, ao Banco Econômico S.A., em dezembro de 1994, assim como outras ações do Conselho Monetário Nacional (CMN).
Conforme verificado, já houve um decisão monocrática, ou seja, de um único juiz em favor da denúncia. A juíza Daniele Maranhão Costa, da 5ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, considerou que houve dano ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios administrativos no caso.
Além dessas três ações, as certidões apresentadas pelo candidato do PSDB mencionam ações por crime de imprensa, calúnia e injúria, ajuizados pelo Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores. Em um deles, o ex-presidente do PT Ricardo Berzoíni é o autor das denúncias, que foram acatadas contra Serra pela Justiça do estado de São Paulo.
O Congresso em Foco entrou em contato com a assessoria de José Serra, por duas vezes, mas não obteve qualquer retorno pra comentar as 17 certidões criminais positivas declaradas pelo presidenciável e os três processos por improbidade administrativa quando estava à frente do Ministério do Planejamento. Uma mensagem detalhada, com todos os casos, foi enviada por e-mail, mas ainda assim não obteve houve retorno.

Veja aqui as certidões apresentadas por José Serra

Desbloqueio de poupança

O vice da candidata petista Dilma Rousseff, Michel Temer (PMDB), apresentou certidões que apontam para a existência de três processos criminais, pelos quais ele já respondeu na Justiça. Conforme a verificação nas certidões criminais, o candidato teve um processo ajuizado pelo Banco Central do Brasil, que trata de apelação em mandado de segurança por “Expurgos inflacionários nos Planos econômicos - Bancários – e Contratos de consumo no Direito do Consumidor”
Por trás do longo título, há uma ação para desbloqueio de poupança na época do governo Fernando Collor. Logo no início de seu governo, Collor, para conter a inflação, bloqueou valores que estavam nas contas e nas poupanças das pessoas. Temer é, inicialmente, o autor da ação, mas o Banco Central recorreu. Com isso, o candidato passou da condição de requerente para querelado no processo em andamento na Justiça.
Nos outros dois processos que constam na certidão criminal do peemedebista, um é apresentado como “caso eliminado”, não apresentando qualquer detalhe, e o outro como apelação civil ajuizada contra deputados da bancada paulista na Câmara Federal, também sem detalhes. A assessoria de imprensa do candidato respondeu todos os casos alegando que as ações já estão na condição de transitados e julgados e não oferecem qualquer risco para o candidato. Ainda de acordo com a assessoria, a declaração apenas cumpre uma formalidade da Justiça Eleitoral .

Veja aqui as certidões de Michel Temer

Crime de estelionato
O candidato José Maria Eymael (PSDC) também aparece no levantamento. Ele apresentou ao TSE duas certidões positivas. Embora os processos datem de 1969, e não apresentem um detalhamento, ambos têm na tipificação o crime de estelionato. Um ajuizado na primeira Vara Criminal de Barra Funda, em São Paulo, e outro sem especificação.
O Congresso em Foco enviou uma mensagem dando espaço para o candidato explicar os motivos e razões pelos quais ele foi acusado pelo crime de estelionato e teve de enfrentar o processo na Justiça. O candidato do PSDC não respondeu ao site.

Veja aqui os documentos de José Maria Eymael

Mudança nos Rumos

Avaliada como uma grande mudança no processo eleitoral, a certidão permitiu ao eleitor ter uma interpretação mais aprofundada sobre a vida pregressa do candidato. A avaliação é do Presidente da Associação Brasileira de Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais (Abramppe), Marlon Reis. Também conselheiro do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), ele avalia que o simples fato do documento tornar-se público pode ser encarado como um grande avanço.
“Nesta eleição contamos com várias novidades. Além do Ficha Limpa ter se firmado, a publicação da certidão criminal muda a forma como se dá o processo eleitoral. Por mais que o candidato alegue ter uma reputação ilibada, ele terá que provar isso no papel. É será o eleitor que tomará a conclusão final”, avalia.
Mas há quem diga que as regras eleitorais propostas, no que diz respeito às declaração criminais, apresentam brechas. Seguindo a forma como são cobradas as certidões criminais, mesmo um candidato com uma certidão de “nada consta” pode responder a procedimentos policiais e judiciais. Ainda que um político seja investigado pela polícia e ainda que tenha sido indiciado, é possível o Supremo Tribunal Federal conceder o “nada consta” ao candidato.
Isso porque o tribunal não considera os inquéritos policiais como motivo para informar a ocorrência na certidão. É o que determina a resolução 356, de 2008, assinada pela então presidente do Supremo, ministra Ellen Gracie. Nem todos os tribunais adotam o mesmo critério do Supremo. A Justiça Federal de Roraima, por exemplo, informa quando os políticos respondem a inquéritos policiais.
Pela resolução 356 do STF, somente se o candidato investigado pela polícia for denunciado pelo Ministério Público ele não obtém o “nada consta”. Entretanto, se a denúncia ou queixa-crime não for recebida pelo Supremo, o político terá direito à certidão abonadora.

Leia também:

Todos os barrados pela Lei da Ficha Limpa

Atenção às certidões dos candidatos na Justiça

Veja lista de 42 políticos na mira do ficha limpa

STF rejeita recurso contra Ficha Limpa e manda caso ao TSE

Ajude a limpar a política: leve para seu site informações importantes para o exercício consciente do voto

Veja outros widgets do Congresso em Foco

41 comentários:

Carlão disse...

egua diabo mais um gficha suja do PSDB. 17 processos VAI COMENDO RAIMUNDO.
Dr. Deodatinho ou Alfredo será que é verdadwe o que tão dizendo que o candidato Domingos Neto gastou mais 100 mihões de reais, o Genecias uns 40 milhões e o Mario Feitosa outros 20 milhões? respeite os deputados que nós teremos

Catarina disse...

Arre egua que raiva eu votei nesse ficha suja no primeiro turno. Ainda bem que agora eu sei que esse PSDB só tem ficha suja como o prefeito mais sujo do puleiro de pato aqui da Boa Viagem. Ficha suja num quero mais.

Anônimo disse...

chega desses fichas suja é de lascar o cano ter um presidente e um vice presidente ficha suja, fora PFL e PSDB. Ficha suja nunca mais.

Carla disse...

Dr. Deodatinho eu lhe pergunto que processo é esse que diz que o Serra e ovice dele são ficha suja. Aguardo uma resposta até o dia da eleição, pois não quero votar no escuro mais quero saber se é verdade mesmo ou se é só fofoca da eleição. Aguardo sua resposta.

CARLOS disse...

A Dilma nao tem processo porque nunca foi nada, e nao e nada, como diz o hernandes estes processos pode ser apenas erro, mais vergonhoso e uma cara ja idoso como o sampaio concordar e encentivar compra de votas e ainda com a cara de pau chamando de ajuda, realmente este sampaio merece ser defensor do naqndinho mesmo.

Anônimo disse...

esse prefeito é muito esperto mandou cadastrar gato e cachorro agora que os votos não sairam colocou o promotor prá investigar os supostos fraudulentos e saiu ileso das maracutaias.

Anônimo disse...

Enquanto o governador comanda a campanha da candidata Dilma Rousseff (PT) no Ceará, a presidente do PT estadual e prefeita de Fortaleza Luizianne Lins, que coordenou a campanha da petista no estado no primeiro turno, fica de fora das decisões

Anônimo disse...

A pesquisa Datafolha divulgada neste sábado aponta a candidata Dilma Rousseff (PT) à frente no segundo turno das eleições, com 48% das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) tem 41%.

Anônimo disse...

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou uma nota afirmando que não indica candidatos na disputa presidencial, mas estimula os fiéis a votarem em quem apresenta “respeito incondicional à vida”.

“Reafirmamos, ainda, que a CNBB não indica nenhum candidato, e recordamos que a escolha é um ato livre e consciente de cada cidadão. Diante de tão grande responsabilidade, exortamos os fiéis católicos a terem presentes critérios éticos, entre os quais se incluem especialmente o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana”, declarou, em nota.

A CNBB afirmou também que é direito e “dever” de cada bispo orientar os fiéis de suas dioceses “sobretudo em assuntos que dizem respeito à fé e à moral cristã”.

A manifestação da entidade chega no momento em que o aborto virou um dos principais temas da campanha presidencial.

Anônimo disse...

A polêmica em torno do aborto já provoca divergências dentro do PT. Na quarta-feira, os coordenadores estaduais da campanha de Dilma Rousseff à Presidência se reuniram para cobrar uma posição mais clara da candidata em relação ao tema - ainda que uma mudança de opinião possa desagradar os setores do partido que defendem a descriminalização do aborto no país. Antes, Dilma se dizia favorável à alteração na lei. Agora, afirma que não apoiaria uma mudança.

O PT aprovou durante o 3º Congresso da legenda, em agosto de 2007, uma resolução que defende a legalização do aborto. A posição é defendida também no Plano Nacional de Diretos Humanos (PNDH-3), divulgado em dezembro de 2009 e duramente criticado por diversos setores da sociedade. Depois de muita polêmica, o tema não apareceu no caderno de textos do 4º Congresso do PT, realizado em fevereiro deste ano.

Anônimo disse...

SO UM BURRO COMO ALFREDO CARLOS, DIZER QUE UMA INCOMPETENTE PREFEITA DE FORTALEZA AINDA VAI SER ELEITA ALGUMA COISA AINDA AQUI NO CEARA, NEM PRA COODENADORA DE CAMPANHA PRESTA, COLOCARAM CIRO NO LUGAR DELA, QUANTO TEM REUNIAO DE CAMPANHA ELA NEM É CHAMADA, COM CERTESA VOCE FAZ MUITO TEMPO QUE NÃO ANDA EM FORTALEZA, A MAE DA PREFEITA ERA COTADA COMO PUXADORA DE VOTOS TINHA MAIS TEMPO NA PROPAGANDA DA TV, QUERO TAMBEM TI INFORMAR QUE ELA APOIOU PRA FEDERAL FOI ANTONIO CARLOS QUE RODOU TAMBEM, PROCURE SE INFORMAR DIREITO OU PERGUNTE SEU PUPILO DEODATO, MAIS ACHO QUE ELE VAI ESCONDER ISSO DO POVO, JA QUE O QUE ELE FAZ É TENTAR ENGANAR OS BESTAS DAIR DE BOA VIAGEM.

Anônimo disse...

'Excepcional'. Num relatório de 13 páginas, a que o Estado teve acesso, ele deixa de lado os alertas no pregão e justifica a contratação da Total Linhas Aéreas por um preço R$ 2,8 milhões acima do valor estipulado na licitação revogada em junho e R$ 2,3 milhões superior ao preço definido no edital da segunda concorrência. Segundo ele, os métodos dos Correios para chegar a uma estimativa 'não são absolutamente precisos'. 'Fato este que permite a homologação excepcional de licitações por valor acima do previamente estimado em decorrência da variação normal de mercado e desde que haja interesse público', diz.

O parecer do ex-diretor foi então submetido em 15 de setembro ao comando dos Correios. David José de Matos, amigo e colega de Erenice desde os tempos em que trabalharam na Eletronorte, dirigiu a reunião que aprovou a contratação da Total por R$ 44,3 milhões, vigorando por 12 meses. O contrato foi publicado na semana passada. Na ata estão os nomes dele, do coronel Artur e dos diretores Décio Braga de Oliveira, Ronaldo Takahashi de Araújo, José Osvaldo Fontoura e Nelson Luiz de Freitas. No dia seguinte, Erenice Guerra pediria demissão da chefia da Casa Civil, em meio ao escândalo envolvendo assessores e parentes dentro do governo.

Anônimo disse...

O esforço do novo comando dos Correios para contratar e pagar R$ 2,8 milhões a mais para uma empresa aérea é um novo capítulo na vida de uma empresa estatal que tem sido palco de irregularidades e escândalos em sequência no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Foi na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) que começou o escândalo do mensalão, em 2005 - crise que derrubou o ministro José Dirceu da Casa Civil e até ameaçou o cargo do presidente da República.

Cinco anos depois, a novela se repete, pelo menos na Casa Civil. Lula e a então ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, prometeram fazer uma limpeza nos Correios, dominado majoritariamente por grupos do PMDB nos últimos anos. Trocaram o presidente e alguns diretores, mas não mudaram os métodos. Davi de Matos foi nomeado para a presidência. Meses antes, uma filha dele ganhou um emprego de assessora de Erenice - um dos filhos da ministra, Israel Guerra, era funcionário fantasma da Terracap, órgão do governo do Distrito Federal que já teve Davi de Matos como presidente.

Prof Alfredo Carlos ! disse...

Ao amigo Carlão !!

Não sei exatamente quanto o Domingos Neto gastou em sua campanha. Entretanto, ouvi de terceiros, que o Genecias Noronha gastou 14 milhões de reais e o Mário Feitoza 15 milhões de reais. A respeito do Domingos Neto, vou tentar descobrir alguma coisa, posteriormente colocarei no blog. Abços.

Anônimo disse...

A popularidade do Lula não é 80%?, só metade votou na Dilmafia? essa é mais uma das pesquisas manipuladas

Anônimo disse...

SERIA UM ABSURDO , DAR AO PRESIDENTE DE UM PAIS ONDE SE MATA MAIS PESSOAS COM ARMA DE FOGO,DO QUE OS PAISES EM GUERRA, UM NOBEL DA PAZ. O MUNDO NAO SABE QUE NO BRASIL TEM INOCENTES QUEIMADOS VIVOS DENTRO DE TRANSPORTES COLETIVOS, ESTUDANTES SENDO MORTOS DENTRO DE ESCOLAS, QUE PAZ É ESTA….

Anônimo disse...

QUEM SABE SE LULA MOSTRAR AO MUNDO UM FILME BASTANTE INTERESSANTE, CUJOS PROTAGONISTAS FAZEM PARTE DE UM DOS SEUS MAIORES INVENTOS: O MST. E O FILME SERIA O QUEBRA-QUEBRA EM BRASÍLIA. QUEM SABE NÃO VOLTAVAM ATRAS E LULA LEVARIA O NOBEL DA PAZ

Anônimo disse...

O fundamentalismo religioso toma conta do segundo turno, Vi o horário eleitoral e realmente está ridícula essa apelação.
Era muito óbvio que isso iria acontecer. No nosso país há candidatos que conseguem se eleger facilmente apenas por serem de uma determinada religião, mesmo que não façam propostas boas e tenham um bom histórico político (Garotinho e Crivela são exemplos disso).

A quantidade de religiosos é gigantesca e se toprna uma rica fonte de votos. Se as eleições tivessem terminado no primeiro turno, ou se a Marina não tivesse crescido tanto por conta desses votos, as manobras seriam diferentes.

É triste, mas faz parte da nossa realidade. Por isso que fico puto vendo pessoas que votam muito mal para a câmara e para o Senado, onde poderia haver uma balança de poder entre o compromisso do futuro presidente com os religiosos, e a defesa do debate sobre questões que os crentes mais fundamentalistas nem querem ouvir falar, como legalização do aborto e casamento gay.

Impedir o debate dessas questões é antidemocrático e prejudicial para a nossa sociedade, mas é o que os religiosos querem.

Anônimo disse...

Os religiosos fizeram uma onda desonesta de mentiras contra Dilma, falando que ela ia fechar as igrejas, que ia permitir somente uma hora de programação religiosa na TV e nessa confusão, falaram que ela ia fazer um libera-geral do aborto etc.

Então o que ela precisava fazer? Combater esse denuncismo de púlpito de igreja, é estratégia. Se no governo dela o Ministério da saúde quiser fazer um grande debate pra discutir outras possibilidades de aborto, aí é outra história. Se ela diz que é agnóstica, catolica ou seguidora dos duendes, não importa, é algo totalmente irrelevante para o país. O que era importante era esmagar a gritaria de alguns setores religiosos.

Vocês viram o ato falho do Serra outro dia, onde ele falou que NÃO ERA CONTRA O ABORTO E QUE É INCLUSIVE A FAVOR?
http://www.youtube.com/watch?v=or81aVHxakk.

Quando se comete um ato falho assim, muitas vezes é o que a pessoa realmente pensa sobre o tema.
Imaginem se fosse a Dilma que tivesse cometido esse ato falho, como os jornais iam cair de pau em cima.

Anônimo disse...

Crente x Crente
...
Teocrático interlóquio
Açodado e patético
Embora cara de Pinóquio
O narigão era epentético
...
Na contenda do expletivo
E rival pouco mimético
Recomendo o supletivo
Ou análise do gamético
...
Pra revelar se o 21
É trissômico, mutante
Ou verborréia bem comum
Da crença delirante
...

Anônimo disse...

Cid Gomes corre o risco de se tornar o primeiro governador eleito em 2 de outubro cassado por decisão da Justiça Eleitoral. Deve ir a julgamento já na quarta-feira no TRE do Ceará uma ação contra Cid por abuso de poder econômico e político e por uso indevido dos meios de comunicação.

Cid é acusado pela chapa de Lúcio Alcântara, terceiro colocado, de ter gasto com propaganda em 2010, ano eleitoral, mais do que nos últimos três anos. A prática é proibida por lei para não desequilibrar a disputa.

No mês passado, o procurador eleitoral Márcio Torres opinou a favor da ação. Dados da própria Casa Civil encaminhados ao Ministério Público apontam que o governo Cid reservou este ano para gastar 60,4 milhões de reais em publicidade – 5,1 milhões de reais a mais que a média de gastos entre 2007 e 2009. Diz Torres:

– Quer isso dizer que o governo estadual não poderia, nos seis primeiros meses de 2010, mais precisamente até o dia 2 de julho, gastar mais que isso em publicidade.

Anônimo disse...

Simplesmente comparar resultados durante os dois governos não significa muito, pois os contextos são diferentes, e o PT continuou as políticas anteriores.
Agora, que Serra deu uma completa surra em Dilma no debate, deu. Ela me pareceu muito frágil e despreparada. Acho que o PT deve estar arrependido de tê-la escolhido, até porque lhe falta simpatia também.
É claro que o cargo é muito importante e não devemos nos prender nas características pessoais.
Por isso, acho que devemos refletir muito para votarmos com consciência.
Lembremos que Serra é muito mais preparado, mas demasiado paulista, e talvez não entenda bem o Norte/Nordeste. Por outro lado, Dilma não entende de nada direito, mas tem o apoio de gente de conhece melhor o Nordeste, como Ciro, o clã Sarney, Collor, Jaques Wagner, Eduardo Campos.
É pra se pensar…

Anônimo disse...

Não sou fã do Serra mas, sou contra o PT. do Lula lá e nós aqui na M. portanto estou torcendo para o Serra

Anônimo disse...

Estamos no 1º dia do 2º turno. Serra terá mais chance de subir no sudeste do que a Dilma e lula já saturou sua argumentação. Os governadores eleitos do PSDB e DEM,agora,podem ajudar muito mais porque não estão pisando em ovos! Podem sentar a pua!

Anônimo disse...

MESMO QUE SERRA NÃO VENÇA A ELEIÇÃO, O RECADO SERÁ DADO, O LULA NEM O PT SÃO DONOS DO BRASIL.

Amâncio José disse...

ALGUMA DÚVIDA? Em entrevista o Governador reeleito Cid Gomes define o Marcos Cals como "APROVEITADOR".

(...)
O senhor falou da parte do ex-governador Lúcio Alcântara, mas teve também o deputado Marcos Cals (PSDB)...
Cid - Eu processei os dois. Pra mim, quem montou foi a campanha do Lúcio. Pra mim é claro isso. Deve ter alguma investigação. Imagino que a Justiça vá cuidar disso. O advogado, esse Goyaz, junto com o Adler (Girão, do PR, ex-prefeito de Morada Nova), levaram o cara (empreiteiro Raimundo Morais Filho, o Moraizinho, que teria denunciado suposto vínculo do governador e de seu irmão, deputado federal Ciro Gomes com esquema de desvio de recursos estaduais e federais destinados a Prefeituras) lá para Brasília, fizeram uma gravação. Mesmo nessa gravação não tendo nenhuma referência ao meu nome. Os caras ficaram maquinando. Isso foi urdido.

OP – O comportamento do deputado Marcos Cals...
Cid – Foi de aproveitador.

OP – O fato de ele, seu ex-secretário, ter feito isso machucou ou magoou mais o senhor?
Cid – Não, não. De jeito nenhum. Eu nunca tive, assim, amizade com o Marcos Cals. O convidei para ocupar uma secretaria (Justiça, no primeiro governo). Ele aceitou. Pronto. Convivemos três anos e meio como secretário e governador. Nunca tive intimidade com ele, sabe, ter uma decepção. Absolutamente natural. Eu o processei, também, porque ele, como aproveitador, quis pegar isso e repercutir também. Na medida em quem ele repercute o negócio, está botando na boca dele. Então, vai ter que provar agora.

(...)

Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/paginas-azuis/2010/10/11/noticiapaginasazuisjornal,2051517/o-tasso-se-precipitou.shtml

Amâncio José disse...

ALGUMA DÚVIDA? Em entrevista o Governador reeleito Cid Gomes define o Marcos Cals como "APROVEITADOR".
(...)
O senhor falou da parte do ex-governador Lúcio Alcântara, mas teve também o deputado Marcos Cals (PSDB)...
Cid - Eu processei os dois. Pra mim, quem montou foi a campanha do Lúcio. Pra mim é claro isso. Deve ter alguma investigação. Imagino que a Justiça vá cuidar disso. O advogado, esse Goyaz, junto com o Adler (Girão, do PR, ex-prefeito de Morada Nova), levaram o cara (empreiteiro Raimundo Morais Filho, o Moraizinho, que teria denunciado suposto vínculo do governador e de seu irmão, deputado federal Ciro Gomes com esquema de desvio de recursos estaduais e federais destinados a Prefeituras) lá para Brasília, fizeram uma gravação. Mesmo nessa gravação não tendo nenhuma referência ao meu nome. Os caras ficaram maquinando. Isso foi urdido.
OP – O comportamento do deputado Marcos Cals...
Cid – Foi de aproveitador.
OP – O fato de ele, seu ex-secretário, ter feito isso machucou ou magoou mais o senhor?
Cid – Não, não. De jeito nenhum. Eu nunca tive, assim, amizade com o Marcos Cals. O convidei para ocupar uma secretaria (Justiça, no primeiro governo). Ele aceitou. Pronto. Convivemos três anos e meio como secretário e governador. Nunca tive intimidade com ele, sabe, ter uma decepção. Absolutamente natural. Eu o processei, também, porque ele, como aproveitador, quis pegar isso e repercutir também. Na medida em quem ele repercute o negócio, está botando na boca dele. Então, vai ter que provar agora.
(...)
Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/paginas-azuis/2010/10/11/noticiapaginasazuisjornal,2051517/o-tasso-se-precipitou.shtml

Amâncio José disse...

ALGUMA DÚVIDA? Em entrevista o Governador reeleito Cid Gomes define o Marcos Cals como "APROVEITADOR".
(...)
O senhor falou da parte do ex-governador Lúcio Alcântara, mas teve também o deputado Marcos Cals (PSDB)...
Cid - Eu processei os dois. Pra mim, quem montou foi a campanha do Lúcio. Pra mim é claro isso. Deve ter alguma investigação. Imagino que a Justiça vá cuidar disso. O advogado, esse Goyaz, junto com o Adler (Girão, do PR, ex-prefeito de Morada Nova), levaram o cara (empreiteiro Raimundo Morais Filho, o Moraizinho, que teria denunciado suposto vínculo do governador e de seu irmão, deputado federal Ciro Gomes com esquema de desvio de recursos estaduais e federais destinados a Prefeituras) lá para Brasília, fizeram uma gravação. Mesmo nessa gravação não tendo nenhuma referência ao meu nome. Os caras ficaram maquinando. Isso foi urdido.
OP – O comportamento do deputado Marcos Cals...
Cid – Foi de aproveitador.
OP – O fato de ele, seu ex-secretário, ter feito isso machucou ou magoou mais o senhor?
Cid – Não, não. De jeito nenhum. Eu nunca tive, assim, amizade com o Marcos Cals. O convidei para ocupar uma secretaria (Justiça, no primeiro governo). Ele aceitou. Pronto. Convivemos três anos e meio como secretário e governador. Nunca tive intimidade com ele, sabe, ter uma decepção. Absolutamente natural. Eu o processei, também, porque ele, como aproveitador, quis pegar isso e repercutir também. Na medida em quem ele repercute o negócio, está botando na boca dele. Então, vai ter que provar agora.
(...)
Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/paginas-azuis/2010/10/11/noticiapaginasazuisjornal,2051517/o-tasso-se-precipitou.shtml

CLAUDIO disse...

ALGUEM TEM ENSINAR ESTA PESSOA QUE ESTA COMO SECRETARIA DE SAUDE QUE RESPEITO SE CONQUISTA NAO SE EMPOE, PENA QUE NESTA ADMINISTRAÇAO TODOS SAO COMO ELA, INCOMPETENTE E SEM MORAL. A PRIMEIRA DERROTA ELES JA SENTIRAM E LOGO LOGO VEM AS OUTRAS, AGORA TEMOS A LILI PARA NAO DEIXR QUE NADA SEJA ESQUECIDO, SAIBAM QUE NAO VAI MAIS ADIANTAR EM NADA VOCES QUEREREM SEM MALEAVEL FALTANDO DOIS MESES PARA POLITICA NAO. ESTES SECRETARIADOs seus(PREFEITO) SAO UNS TIRAS VOTOS

CARLOS disse...

NANDINHO NAO VA PENSAR QUE NOIS FUNCIONARIOS QUE ESTAMOS SENDO HUMILHADOS PELA ESTA TIRA VOTO (SECRETAPA DE SAUDE) VAMSO ESQUECER NAO, AS ELEIÇOES DESTE ANO SO E APENAS UM AQUECIMENTO.

Anônimo disse...

Colegas blogueiros e eleitores.

Falta muito pouco, no dia 31 de outubro vote DILMA 13 e confirme.

Vamos continuar o projeto do Presidente LULA. A prioridade é o homem, é o cidadão. Vote firme com DILMA 13. Abços em todos.

Anônimo disse...

Rondonópolis, MT, 10 (AFI) - O Guarany deu um passo importante para conquistar o acesso ao Campeonato Brasileiro da Série C. Na noite deste domingo, no Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis, o Rubro Negro venceu o Vila Aurora por 2 a 0.
Com o resultado, o Guarany pode até perder por um gol de diferença, em Sobral, que conquista a vaga. No próximo domingo, às 17 horas, no Estádio do Junco para conquistar o acesso.
Numa cobrança de falta, aos 24 minutos, Zada bateu com força, a bola desviou no caminho e morreu no fundo das redes de Júnior Negrão, que só ficou vendo.
Mais uma bola na rede!
Logo no início da etapa final o Rubro Negro matou o jogo. Vanderlei foi lançado e tocou na saída do goleiro Júnior Negrão, que mais uma vez, ficou vendida no lance e nada pode fazer.
No final do jogo, o Guarany foi mais perigoso e quase fez o terceiro gol. O Vila Aurora ficou preso no setor defensivo e se perdeu em campo, o time jogava mais com o coração do que mesmo com a razão, por isso, nada criou.
Ficha técnica
Vila Aurora 0 x 2 Guarany-CE
Local: Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis
Público: 1.153 torcedores
Renda: R$ 9.735,00
Cartões amarelos: Carlos, Jhones (Guarany-CE)
Gols: Zada aos 24'/1T e Vanderlei aos 13'/2T (Guarany-CE)
Guarany-CE
Vantuir; Alberto, Junior Alves, Carlos e Zada; Ricardo Baiano, Jean, Rogério (Helton) e Bismarck; Danilo Pitbull (Marco Túlio) e Vanderlei (Jhones)
Técnico: Oliveira Canindé

Anônimo disse...

SUGIRO AO SENHOR PROPRIETÁRIO DO BLOG, COLOCAR NA PAGINA INICIAL A SEGUINTE MATERIAL.

Artistas e intelectuais organizam manifesto pró-Dilma

Texto assinado por Leonardo Boff e Chico Buarque convoca artistas 'a somarem forças para garantir os avanços' do governo Lula

Flavia Salme, iG Rio de Janeiro | 11/10/2010 21:21 - Atualizada às 21:30Mudar o tamanho da letra:A+A-
Leia mais

Saiba mais sobre as eleições
Em apoio a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, um grupo de artistas e intelectuais liderados por Leonardo Boff, Chico Buarque, Emir Sader e Eric Nepumuceno está articulando adesões a um manifesto de apoio político à petista.

O documento será entregue à candidata na próxima segunda-feira (18), em um ato político organizado pelo grupo no Teatro Oi Casagrande, no Leblon, zona sul da capital fluminense, às 20h.

De acordo com o filósofo e teólogo Leonardo Boff, o manifesto foi organizado pelo jornalista e escritor Eric Nepomuceno e pelo cantor e compositor Chico Buarque. "A ideia foi do Eric e do Chico para contrabalançar muitas difamações e mentiras que estão sendo divulgadas na internet, e eles têm todo meu apoio e o do Frei Betto também, que escreveu um artigo sobre a Dilma. Eles cresceram juntos e ele fala muito bem sobre ela", disse Boff, que informou também que o arquiteto Oscar Niemeyer faz parte dos signatários.

Ainda segundo Boff, as críticas contra Dilma envolvendo a questão do aborto "é um discurso para desviar das gandes questões". "O PSDB não tem liderança nem carisma, não tem projeto nenhum para oferecer", falou em defesa da petista. "Eles descobriram esse viés para distrair da verdadeira discussão, é uma questão de falsa política", concluiu.

Leia a íntegra do documento:

À NAÇÃO

Em uma democracia nenhum poder é soberano.
Soberano é o povo.

É esse povo – o povo brasileiro – que irá expressar sua vontade soberana no próximo dia 3 de outubro, elegendo seu novo Presidente e 27 Governadores, renovando toda a Câmara de Deputados, Assembléias Legislativas e dois terços do Senado Federal.

Antevendo um desastre eleitoral, setores da oposição têm buscado minimizar sua derrota, desqualificando a vitória que se anuncia dos candidatos da coalizão Para o Brasil Seguir Mudando, encabeçada por Dilma Rousseff.

Em suas manifestações ecoam as campanhas dos anos 50 contra Getúlio Vargas e os argumentos que prepararam o Golpe de 1964. Não faltam críticas ao “populismo”, aos movimentos sociais, que apresentam como “aparelhados pelo Estado”, ou à ameaça de uma “República Sindicalista”, tantas vezes repetida em décadas passadas para justificar aventuras autoritárias.

O Presidente Lula e seu Governo beneficiam-se de ampla aprovação da sociedade brasileira. Inconformados com esse apoio, uma minoria com acesso aos meios, busca desqualificar esse povo, apresentando-o como “ignorante”, “anestesiado” ou “comprado pelas esmolas” dos programas sociais.
Desacostumados com uma sociedade de direitos, confunde-na sempre com uma sociedade de favores e prebendas.

O manto da democracia e do Estado de Direito com o qual pretendem encobrir seu conservadorismo não é capaz de ocultar a plumagem de uma Casa Grande inconformada com a emergência da Senzala na vida social e política do país nos últimos anos. A velha e reacionária UDN reaparece “sob nova direção”.
Em nome da liberdade de imprensa querem suprimir a liberdade de expressão. A imprensa pode criticar, mas não quer ser criticada.

É profundamente anti-democrático – totalitário mesmo – caracterizar qualquer crítica à imprensa como uma ameaça à liberdade de imprensa. Os meios de comunicação exerceram, nestes últimos oito anos, sua atividade sem nenhuma restrição por parte do Governo. Mesmo quando acusaram sem provas.
Ou quando enxovalharam homens e mulheres sem oferecer-lhes direito de resposta. Ou, ainda, quando invadiram a privacidade e a família do próprio Presidente da República.

Anônimo disse...

“Marina Silva é uma grande traidora. Traiu o povo brasileiro quando se posicionou contra o crescimento do país. Traiu o PT. Traiu também a memória de Chico Mendes quando se uniu àqueles que disfarçadamente se alegraram com a morte do grande líder seringueiro. Marina Silva jogou no lixo uma biografia de defensora dos povos da floresta, de defensora da Amazônia. Traiu por despeito e por vingança. (…) Marina não foi escolhida pelo presidente Lula porque não tem conhecimento, competência e caráter para governar (…)”

Anônimo disse...

Assisti ao debate e pude confirmar o que sempre pensei a respeito de candidatos do PT, um verdadeiro atraso em termos de idéias, onde só falou sobre a questão da privatização, parece que isso é a coisa mais importante do país, quando de fato não é, o que o país precisa é de infraestrutura é de emprego é de renda, e não estatal pra dar emprego pra companheiro pra ter denúncia de corrupção, as privatizações que ocorreram são exemplos de sucesso e esse governo não desfez nenhuma, claro esse debate só interessa pra render votos, com relação aos pedágios temos as melhores estradas do mundo sinceramente prefiro pagar R$20 pilas numa pista como a Imigrantes que é um exemplo de pista segura do ir de graça por um BRqualquer coisa onde vc tem de ir rezando pra que nenhum caminhão mate vc e sua família.

Anônimo disse...

Dr. Deodato por gentileza me responda por que tudo acontece nesta cidade e nenhuma providencia e tomada, todos sabemos que no periodo eleitoral não se pode contratar nem tão pouco demitir, mais o prefeito atrás de ganhar votos superlotou as Secretarias, o mais nova contratada e a Fisioterapeuta Jessica Alves, filha da Régia(ex.do Gerson)eu trabalho na saúde e sei que tem dois Fisioterapeutas que passaram no concurso e por direito se tivesse vaga, seria de um deles.Enquanto isso até hoje(dia 12) ainda não recebemos o nosso pagamento.O Dr. pode nos esclarecer esta marmota que acontece nesta cidade que faz de conta que tem...Ah! e é porque a Régia entregou os documentos dela(Jessica) ao Danilo Forte(apoiado por Gesse Filho e seu tio Benjamim).

Anônimo disse...

Olha o projeto cresce que o prefeito criou só para dar empregos para quem ele prometeu precisas ser bem mais avaliados pois existe monitores que não tem nenhuma capacidade de ensinar algo, é o caso do monitor OCEAN que só por que ja dançou em banda pensa que pode ensinar dança. Vamos abrir o olho pois ele leva o tempo em seduzir seus alunos eu quero dizer SEDUZIR TODOS OS ALUNOS, além de só ir trabalhar quando quer pois o mesmo tem protetores la dentro que passam a mão na cabeça, Chega de pessoas inrresponsáveis, sem capacidade e envolvidas com o que não é nem um pouco bom para os jovens de da nossa cidade ja que nem mais nesses projetos sociais os jovens ficam longe de más influencias. Secretaria de Ação Social por favor escolha melhor seus monitores ja que esses projetos servem para tirar o jovens das ruas das drogas com esses monitores eles podem ta mais perto das drogas e outras coisas do que na rua.

Anônimo disse...

cada povo tem o governo que merece, né mesmo ?! kkkkkkkkkkkk
rio pra num chorar ! ai de ti Boa Viagem ! se continuar assim será riscada do mapa cearense, aliás nunca foi lembrada mesmo. onde é que fica mesmo esta cidade ?

Anônimo disse...

TRE CASSA MANDATO DO PREFEITO DE ITAPAJÉ. SERÁ QUE ESTA CANETADA NÃO SABE OS RUMOS DE BOA VIAGEM
TE CUIDA NANDIM

Anônimo disse...

Se o prefeito mandou cadastra gato e cachorro no seguro safra por que um V.... não pode ser monitor de projetos sociais.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Vamos abrir o olho.

Anônimo disse...

Caro amigo vejo q vc não é tão capacitado para criticar o Ocean pq em nossa cidade não existe esse Projeto Cresce e sim o Projeto Crescer vejo q vc esta precisando estudar mais um pouco pra ver se escreve certo.
Sobre o caso do monitor Ocean se for analisar melhor a vida particular dele fora do trabalho ninguém tem nada a ver com isso, pq existem muitos outros monitores, enfermeiros, professores, em todas as áreas pessoas q tem outras opções sexuais. E se vc não sabe discriminação por opção sexual dar processo é só você olhar o Art. 1º Esta Lei altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, e a Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, definindo os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero. Preconceito é crime amigo(a);
E se for pra falar em quem seduz aluno então vamos falar da coordenadora do Pro Jovem Tânia do Vale e da monitora Dany sobrinha da Liduina a secretaria do prefeito q trabalham La no CRAS I, elas se envolvem com alunos do Pro Jovem e os encontros amorosos com de menores são La na casa da coordenadora Tânia do Vale ta bom do Honda Quarteirão passar por lá pq os alunos são todos de menores. Ou será que elas estão levando os alunos para dar aula de educação sexual em casa?