sexta-feira, 19 de novembro de 2010

COMO A VEZ DO POVO DESPERTOU A IRA DOS CONSERVADORES E DEFENSORES DOS PRIVILÉGIOS.

Por que cresce o ódio racial da elite branca
Posted by eduguim on 19/11/10

Apesar das negativas da grande imprensa, é inegável que nos últimos anos o Brasil começou a operar uma forte distribuição de renda de um grupo étnico minoritário e privilegiado para outro amplamente majoritário e eternamente prejudicado na divisão da riqueza.
Por estar a serviço do setor privilegiado – pois, em última instância, pertence a ele –, a mídia corporativa meramente canaliza um sentimento de “revolta” de classe e racial desses setores da sociedade que, até há pouco, vinham ganhando a luta de classes – que alguns tentam apresentar como anomalia ou desejo de grupos políticos, mas que, em um país tão injusto, é mera conseqüência de sua realidade social.
Estudo recente, pois, explica o ódio da elite branca contra um governo que desencadeou esse necessário processo redistribuidor de renda em prol da maioria étnica brasileira que sempre ostentou condições de vida infinitamente piores do que as de uma casta branca e descendente de europeus.
Data Popular é uma instituição que, segundo diz sua mensagem institucional, dedica-se a produzir “Conhecimento de qualidade sobre o mercado popular no Brasil”. Ao entrar no site, a mensagem institucional inicial esclarece a que ele se dedica:
Bem-vindo ao mundo do carnê, do consórcio, do SPC.
Bem-vindo ao mundo do metrô, do buzão, da lotação, da CBTU, do seminovo zerado.
Bem-vindo ao mundo do vale-refeição, do PF e da marmita.
Bem-vindo ao mundo do supletivo, da escola de cabeleireiro e do curso de computação.
Bem-vindo ao mundo do celular pré-pago, da megasena.
Bem-vindo ao mundo do trabalho informal, da pensão do INSS, do despertador pras 5, da mobilidade social.
Bem-vindo ao mundo do Ratinho, Raul Gil, Bruno & Marrone, Banda Calypso, Calcinha Preta, MC Leozinho e da Rádio Tupi.
Bem-vindo ao mundo do supermercado com a família, da cervejinha gelada, da macarronada com frango, do financiamento da Caixa.
Bem-vindo ao mundo surpreendente da economia da base da pirâmide.
O trabalho mais recente do Data Popular, concluído nesta semana, busca prover com dados científicos o crescente interesse de grandes empresas por esse segmento em ascensão social, segmento no qual os negros sobressaem.
A renda da população negra no país atingiu R$ 544 bilhões. Segundo estudos recentes, desde 2007 a renda média per capita do negro cresceu 38% – o dobro da renda média do branco, que teve alta de 19% no mesmo período.
A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), feita pelo IBGE, deixa ver claramente como durante o governo Lula essa parcela amplamente majoritária – e “afrodescendente” – da população brasileira começou a ser resgatada da injustiça social em que foi mantida durante o século XX.
Segundo Renato Meirelles, sócio-diretor do instituto de pesquisa Data Popular, o “enriquecimento” dos negros é resultado do aumento da renda da população da base da pirâmide de renda do país: “tem mais negros nas classes C e D, que teve aumento maior de renda que nas classes A e B [no período analisado]”.
Esse estudo não precisaria ter sido feito para que os beneficiados pelo processo redistribuidor de renda percebessem-no. Quem está comprando mais bens de consumo durável, vestuário, alimentos, ou que está chegando a universidades na condição de primeiro universitário da família, bem sabe o que lhe está acontecendo – e inclusive votou para manter esse processo.
Além de subsidiar empresas interessadas no mercado de consumo de massas que o governo do PT fez surgir, o estudo serve para finalmente calar os que tentam atribuir tal processo a governos que trataram de impedi-lo ou àqueles que tentam negar que tal processo esteja ocorrendo.

Fonte: http://www.blogcidadania.com.br/2010/11/por-que-cresce-o-odio-racial-da-elite-branca/

76 comentários:

Anônimo disse...

Que palhaçada a semana do município!
quem vai se ocupar em sair de casa para ver aquela palhaçada. se a semana é do municipio deveriam ter apresentações voltadas ao nosso municipio a nossa cultura a nossa historia e não aquela palhaçada de justin biber meninos pulando como doidos isso não tem nada a ver com a historia do municipio, e aquele professor( ou professora...kkkkkk) meu deus o que aquilo que moral aquele menino tem para dar aos alunos precisar melhorar os monitores, por que alem das coreografias não terem nada a ver com o nossa cultura era tudo copiado que para mim e para muitos foi uma besteira só.
Ohhhhhhh palhaçada a de ontem.

Prof Alfredo Carlos ! disse...

Colegas blogueiros,

Este assunto deveria ser debatido mais nesse blog. A sociedade civil de Boa Viagem deveria se ater a temas como esse, que interessa a todos nós. Hoje em nossa cidade, as pessoas já vivem melhor, é uma constatação muito firme de quem está preocupado com o social. Apesar de que no plano Municipal deixa muito a desejar. Hoje temos os programas sociais do governo federal, atingindo milhares de pessoas em nossa cidade. Diminuiu muito os números de miséria e pobreza absoluta em Boa Viagem. Creio que a tendência agora é melhorar mais ainda, os compromissos assumidos na campanha, todos serão cumpridos.

Helrison Sousa Oliveira disse...

No dia 21 de novembro de 1864, Boa Viagem conquista sua emancipação política, porém passados 67 anos volta à categoria de distrito de Quixeramobim. Cinco (5) anos mais tarde, exatamente no dia 28/12/1936, Boa Viagem reconquista sua autonomia política, Porem só em 20/12/1948, que Boa Viagem é elevada, definitivamente, à categoria de cidade.
Passados 146 anos de emancipação política, nossa cidade fundada por dois jovens apaixonados, hoje vive com os pés no atraso. Gostaria muito que nossos políticos olha-se para nossa Boa Viagem com bons olhos e não apenas em querer ter benefícios para si mesmo.
O Brasil já estar com ar de mudanças, e Boa Viagem faz parte dessa mudança.
Hoje a grande maioria da população brasileira não é mais alienada, Vejamos, Lula e Dilma são os maiores exemplos da nossa democracia.
Espero que no futuro bem próximo nossa querida cidade possa ver um gestor pautado em trazer benefícios para os nossos jovens, que hoje é a grande maioria da população desassistida pelo poder publico.

Anônimo disse...

Lula pediu e o Mantega ficou,
Lula pediu e o Meireles ficara’,
Lula pediu o o Gabrielli ficara’ tambem!
COMO EU DESCONFIAVA JA SE PODE AFIRMAR QUE:
A DILMA E’ UM LARANJA DO LULA.

Anônimo disse...

É duro ser fantoche de alguém, ser pau mandado sem vontade, ser apenas um boneco de ventríloquo ou apenas um zero a esquerda, não ter vontade própria e obedecer, sem restrições, as ordens do seu criador. Essa é a grande desvantagem da Dilma no seu futuro governo. Não ter poder de mando e sim de obediência. Quando você é criada ou inventada, seu dono é seu criador ou seu inventor e é ele quem diz como, quando e porque, sem que a criatura ou a invenção tenha direito a voz própria ou qualquer juizo de razão. Afinal, é apenas um nada.

Anônimo disse...

Estou achando que Dilma Rousseff vai ter um grande espaço nesse terceiro governo Lula.

Anônimo disse...

Escolher um Deputado para ser o nosso “Palhaço” certamente não teria graça nenhuma, mas, o máximo que poderia acontecer seria uma frustração por ele não nos fazer rir. Ao contrário, escolher um Palhaço para ser Deputado com a responsabilidade de decidir como nosso procurador, questões que envolvem a vida de milhares de Brasileiros é um ato de irresponsabilidade principalmente quando o nosso “ilustre” representante é considerado analfabeto. Tenho pelo Palhaço Tiririca uma grande admiração como artista, mas, temo que como membro do Congresso nacional ele vai nos fazer chorar muito.

Anônimo disse...

O pior é o nosso Supremo Tribunal Federal! Vocês já ficaram sabendo da nova moda do nosso grande Supremo Tribunal Federal? Os ministros estão efetivando centenas de interinos apaniguados em cartórios sem concurso! Gente que nunca fez concurso e foi indicada por ser parente ou amigo do rei. A nossa Constituição obriga que se faça concurso para cartório. Diz que só assim alguém pode ter um cartório (art. 236, §3). Estados rasgaram essa norma. Cuspiram nela. Desembargadores e juízes por todo Brasil nomearam quem bem quiseram. Claro, sem concurso! O STF, agora, está dizendo que quem está assim há 5 anos está salvo!! Os Ministros estão dizendo que não é preciso concurso nesse caso! Pode isso??!!! Quem se esconde da Constituição por 5 anos consegue o direito de rasgá-la pelo resto da vida! Vejam o absurdo: A pessoa recebe a delegação de um serviço público SEM CONCURSO PÚBLICO e, por ficar se beneficiando imoralmente por 5 anos, ganha o direito de assim permanecer para sempre!!! Por favor noticiem isso! Está tudo na encolha. Grandes escritórios de advocacia estão convencendo ministros a fazerem esse absurdo. Veja mais informações, com indicação de decisões e fatos concretos, no seguinte link (site da ANDECC - Associação Nacional de Defesa dos Concursos de Cartrórios: www.andecc.org.br): http://www.andecc.org.br/noticias_ver.asp?noticia_id=86 Ajudem esse país a sair desse esgoto. Noticiem! Luís Ambrosino (Bacharel em Direito “sem pedigree”)

Anônimo disse...

Se o presidente é analfabeto, porquê um deputado não pode ser? Se os analfabetos podem votar, porquê não podem ser votados? Isso se chama de democracia? Quem fez essas leis?Os ladrões do Congresso?Pobre Brasil...!!!

Anônimo disse...

Só uma pergunta.. alguem aí, independente de partido, credo ou religião confia no José Dirceu? Faria negocio com ele, ou investiria todo o seu dinheiro numa sociedade com o cara, onde ele desse as cartas? Duvido que exista uma so pessoa nesse mundo em sã consciencia confie seus bens a ele.

Anônimo disse...

Eis a maior piada do momento. O molusco promete desmontar 'farsa do mensalão", após deixar o governo. Mas por que após deixar o governo, se enquanto FOI UM PÉSSIMO GOVERNANTE NADA FEZ? Ora, a ele nada interessa seja apurado, pois foi ele quem procedeu a armação de todos os átos ilícitos. Se o STF proceder a uma correta e verdadeira apuração, condenando os culpados, o molusco terá oportunidade de passaruma boa temporada encarcerado em um penitenciária de segurança máxima - CTANDUVAS-PR ou CAMPO GRANDE-MS. Quanto ao fato de que ele vai dedicar-se à reforma política é outra falácia, se enquanto no poder nada fez de útil. Quanto á continuar suas viajens internacionais, ele ainda continuará valendo-se do carissimo BOENG da Presidência, que é um bem púlico e não propriedade sua? E VIVA O BRASIL, UM PAÍS DE TODOS OS LADRÕES ABOLETADOS NO PODER

Anônimo disse...

lula criticava FHC porque ex presidente não devia dar palpite GORA MUDOU DE IDEIA? cONFORME-SE sR. EM BEBER SUA AGUARDENTEZINHA NA TER ALGUMA IMPORTANCIA NOVAMENTE, CANDIDATE-SE.BIROSCA DA ESQUINA DAQUI A 40 DIAS. sE QUISER

Anônimo disse...

Que me perdoem os petistas, mas é inegável que o partido governista, do momento é o mais escandaloso de todos, ganhou com folga de DEM do PSDB e até do PMDB! Petistas virem os olhos e mirem seus proprios rabos!

Anônimo disse...

AGORA DE SE VOCE VOTOU NA DILMA, EU NÃO TENHO CULPA E QUERO QUE VOCE SE FOD.......PALHAÇO, ANALFABETO. É OPOSIÇÃO "CERRADA" E NÃO SERRADA. CERRADA SE ESCREVE COM "C" E NÃO COM "S". NÃO É A TOA QUANDO DIZEM QUE TODO PETISTA É BURRO. ELEGERAM ATÉ UM "POSTE" !

Prof Alfredo Carlos ! disse...

O Fernando tá cheio de Tiriricas insultando o povo no blog do Deodato.

bota mais placas nandinho!

teus tiriricas adoram !

KD os PSFS nandinho !


300 funcionários demitidos em novembro.


Fala Tiririca, fala homem.

kkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Se eu roubo vc tb tem que roubar. Não justifica este seu comentário, já que o PT no passado sempre criticou com verocidade os erros do PSDB. Agora o PT nestes aquase 8 anos, fez tudo de errado que o PSDB fez e fez mais ainda. Só o mensalão inocenta o PSDB de tudo que ele fez de errado. O PT jogou todo seu passado historico na lata do lixo. Agora o Lula querer dizer que o Zé Dirceu é inocente ai é demais. Quem ele pensa que é, um bruxo, um Deus, pra agora que estar deixando o governo vim com esta conversa de que vai provar que o Dirceu é inocente, cai na real Lula. Qd sair do governo some do Brasil e da midia.

Anônimo disse...

O PT copiou tudo do PSDB até a parte podre, ai multiplicou por 10 e saiu com o Mensalão, mas o Zé só é bom, quando se trata de Celso Daniel, dali ele saiu sem nenhum arranhão...

Anônimo disse...

Lula para desfazer a " A FARSA DO MENSALÃO DE VOCÊS", que foi REAL E VERDADEIRO, só fazendo outro MAIOR. Um MAIOR ABAFA UM MENOR.Em JANEIRO 2011 o teu PODER DIMINUI 99%. Não tens mais JOSÉ SARNEY, no SENADO e ném TEMER na CÂMARA DE DEPUTADOS. O teu TRONO DESMORONOU. Tomo consciência e te cuida para não ter DEPRESSÃO E CAIR NO ÁLCOOL.

Anônimo disse...

Reforma política do Lula... Desvendar a "farsa" do mensalão... Eu lembro que antes de ser eleito em 2002, Lula dizia que: 1- Não iria pagar o FMI - PAGOU! E ainda faz empréstimo a ele. Só que faz empréstimo a ele, ajuda a países da África, mas se esquece da África do Brasil que passa fome, sede, não tem moradia, saneamento etc. 2- Disse que iria combater os banqueiros - Foram os que mais lucraram na gestão do apedeuta. NUNCA ANTES DA HISTÓRIA DESTE PAÍS BANQUEIROS E A MÁQUINA ADMINISTRATIVA ESTEVE TÃO INFLADA. 3- Disse que iria combater a fome com um programa chamado Fome Zero (lembram-se?) - É igual caviar: nunca vi, nem ouvi, só ouço falar. Mesmo que Lula cumpra o que disse sobre fazer uma reforma política (não entendi como ele irá fazê-lo se estará fora da vida política) ele vai arquitetar a reforma espelhando em ajudar seu partido e favorecimento de outrem. Já a farsa do mensalão... rs. Ridículo querer chamar de farsa, farsa é essa presidenta que ele inventou e promoveu.

Deodato Ramalho disse...

Impressionante o nível de desinformação desse anônimo, que, aliás, dá uma demonstração da sua fragilidade e de seus argumentos: se esconde no anonimato para atiçar seu ódio, ao ponto de, tal qual um avestruz de alienação, tentar a realidade do que é o Brasil hoje. Destilando esse ódio cego, segue as passadas neonazistas que vicejam Brasil afora contra pobres, nordestinos, homossexuais e negros. Seria esse anônimo um dos malditos corruptos aqui de Boa Viagem? Seria um daqueles que se beneficiam das bandalheiras e da incompetência reinantes em nosso município? Seria um dos escalados para escrever a disseminação do ódio, já que, distorcendo a realidade, chega ao ponto de sugerir a expulsão do Brasil do maior presidente que esse País já teve. Sim, o melhor presidente da história brasileira... Pelo menos até este ano de 2010. Esses cães raivosos ficarão loucos da vida se a presidenta Dilma superar o Lula.
Imagine se ívessemos liberado comentários mais animalescos do que estes aí de cima! O enérgumeno chega ao ponto de esquecer que o presidente Lula (que tem 95% de aprovação) é o presidente da República atvié 31.12.2010 e que,como a maior liderança política do País, continuará sim a ser um especial agente político.
A última: quando escuto esse tipo de Pitonisa (o mesmo que vivia pregando a vitória do Serra. Aqui Boa Viagem a Dilma teve "apenas" 85% dos votos), dizer que a presidenta Dilma será manipulada por quem quer que seja, dou uma sonora gargalhada, depois tomo um fôlego e sugiro a esses desinformados que pesquisem um pouco sobre a vida dessa firme mulher... E volto a cair na gargalhada!!!

Anônimo disse...

ERRATA

Só uma pergunta.. alguem aí, independente de partido, credo ou religião confia no Nando das placas? Faria negocio com ele, ou investiria todo o seu dinheiro numa sociedade com o cara, onde ele desse as cartas? Duvido que exista uma so pessoa nessa Boa Viagem em sã consciencia confie seus bens a ele.

Anônimo disse...

EM UMA CERTA SALA DE IMPRENSA O NOSSO PRESIDENTE DEU UM DURA NOS CABEÇAS DONOS DE REDES DE TV E RADIOS . ` SE VCS CONTINUAREM A FAZER O ESTÃO FAZENDO VCS SABEM O QUE VAI SER VOTADO NÃO SABEM ENTÃO FIQUEM ESPERTO´.O QUE SERÁ QUE ELE QUIS DIZER COM ISSO…O NOSSO LULA CHAVES …

Anônimo disse...

Aliás Deodato, na minha humilde opinião, quem vai receber uma “herança maldita” é a Dilma, ao contrário do que os fanfarrões vivem dizendo sobre FHC…quase ninguém nesse governo é sério ou responsável…e quem vai se dar mal é a população…inclusive a parte que não votou na Dilma, o que é lastimável! Pessoas que não endossaram esse descalabro de governo ainda vão ter de arcar com as consequências de uma administração pública tão bisonha e irresponsável!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Será que o Meirelles vai deixar a vaidade de lado e embarcar num Titanic? Juntamente com o Lulla,que reinou durante 8 anos de prosperidade,ele poderia sair por cima e ser igual ao Tomaz Bastos.Guerra cambial,inflação,gastança sem limites não será a Dilma que vai pagar a conta.Inimigos já temos para descarregar em cima dos otarios que é o povo,ou seja,tudo de ruim que virá acontecer será dos EUA.Dilma vai ter no seu pé o ex que tem a solução pra tudo,ele está a procura de um palanque,e nada melhor do criticar os EUA,a la Chavez.O melhor a fazer neste final de governo é pegar uma varinha de pescar e ficar olhando as nuvens.Caso queira continuar,duvido que permaneça 6 meses,será escorraçado e apredejado.afinal,este filme sabemos o enredo e final.

Anônimo disse...

EM VEZ DE PARABENS EU DIGO AI DE NÓS
BOA VIAGEM QUE PROGRAMAÇÃO VERGONHOSA

Anônimo disse...

Dilma não terá voz ativa na escolha dos seus ministros. É o Lula que palpita o tempo todo e os partidos que a pressionam. Terá que acatar nomes previamente indicados por terceiros. É o preço que se paga por se juntar a políticos fisiológicos. Comprou os apoios e agora vai ter que pagar por eles.

Anônimo disse...

Lulla disse ao Obama que não passaria para Dilma uma herança maldita, como Bush fez com Obama. Não acho assim... o que Dilma está pegando não é apenas uma herança maldita, é o caos. Se o PT não aceitar coligações e alianças, será um inferno o governo Dilma. Será possível até a renúncia.

Anônimo disse...

Quem entende de Roberto Jefferson é Lula que disse que daria ao ele um cheque em branco tal a confiança que Lula tem no verme, principalmente depois que ele disse aquela frase famosa: "sai dai zé dirceu pra n~çao incriminar um "inocente""; as aspas de inocente são minhas. Cadê chico buarque de holanda, zezé de camargo, paulo beti e outros artistas patrocinados pelo Banco do Brasil e Petrobrás, que convenceram mais de 55% dos eleitores a elegerem Dilma, vão ficar caladinhos sem dizer nada pra continuarem sendo patrocinados pelo governo Dilma? Querem que o governo continue bancando gravação de CDS, edições de livros e Shows? E a UNE, onde está a UNE que calou o movimento estudantil por R$ 10 milhões? Enfim, quem pariu Mateus que o embale.

Anônimo disse...

bem vejo ai um monte de mae dinas um bruxos que sabm do futuro .pois ainda estamos a um mes e 8 dias da nova presidenta assumir o poder e este povo ja sabe que vai ser tudo de ruim este novo governo . queria saber deste povo os numeros da mega sena da virada seria muito importante para mim ,estes numeros quem se abilita ai a mimdar estes numeros. vao procurar uma lavagem de roupa um emprego o q fazer pois estes comentarios de voces com aquestao do futuro governo vejo q e so poro rancor espera os fatos acontecerem pois lembro bem que quando lula ganhou a 1 vez falaroa q o pois seria vendido q tudo iria por agua a baixo e nao vi isso nao esperem a mulher assumir e em alguns messes depois veremos . e quero os meus numeros adivinhoes kkkkkkkkkkkkk magote de gente dessoculpado

Anônimo disse...

Quem te viu quem te vê. O PT censurando a impresa livre e, consequentemente, a domocracia no país. Logo o PT, que quando brigava alucinadamente para chegar ao poder era contra qualquer tipo de censura, era contra o autoritarismo, contra tudo que calasse o povo. E agora? Agora briga, como os militares fizeram, para nos calar de vez, ceifando as nossas opiniões, tranzendo à tona o que paracia não existir mais: o autoritarismo dos ditadores.

Anônimo disse...

Esse povinho mercenario, desse país de idiotas, que se vende e vende o futuro de uma nação por uma “marmita”, terão o que merecem. Nós que antes éramos ” 4% ” e agora somos ” 44% ” vamos sofrer juntos, mas estaremos sempre com a consciencia limpa, certos de que fizemos a nossa parte.

Anônimo disse...

Como é q vcs querem uma programção da semana do Municipio exelente, se a secretaria de Cultura não tem criatividade, as criações dela é apenas para puxa o saco da prefeita, num dá pra esperar muita coisa desse povo ai não.Ah e digo mas uma vez" bem feito Boa Viagem foram acreditar nele, mas não vamos ficar tristes não daqui a dois anos vem novas eleições ai eles colocam vcs no bolso d novo,kkk não contribuir com isso sou e serei 22.

Deodato Ramalho disse...

Estou me divertindo prá caramba com as maluquices escritas por esse anônimo aí de cima. Nunca li tanta sandice e desinformação. Por exemplo, censura no Brasil existe, mas é feita pelos donos da grande mídia. Na verdade, o Conselho de Comunicação Social, previsto na Constituição Federal, é uma reivindicação antiga do movimento social, DOS JORNALISTAS E DAS ENTIDADES DE JORNALISTAS, exatamente para acabar com a censura dos tubarões da mídia.
Outra de matar a gente de rir é o sujeito dizer que 5% dos inconformados agora viraram 45%...Será desinformação mesmo ou pura alienação mental? O índice de abstenção, que se vem repetindo em toda eleição, nada tem a ver com manifestação contra o governo. Se assim o fosse, o governo do PT e o presidente Lula não teriam o índice de aprovação que ostentam.
Enfim, os 5% estão situados na faixa dos milionários, parte da classe média metida a besta, que não se conforma em agora ter que viajar de avião ao lado de pobres, como o jornalista Prates (Santa Catarina) meteu o pau no Lula e no governo porque deu condições aos pobres de comprar carro. Para esse tipo de gente, pobre é prá levar no lombo.

Deodato Ramalho disse...

Estou me divertindo prá caramba com as maluquices escritas por esse anônimo aí de cima. Nunca li tanta sandice e desinformação. Por exemplo, censura no Brasil existe, mas é feita pelos donos da grande mídia. Na verdade, o Conselho de Comunicação Social, previsto na Constituição Federal, é uma reivindicação antiga do movimento social, DOS JORNALISTAS E DAS ENTIDADES DE JORNALISTAS, exatamente para acabar com a censura dos tubarões da mídia.
Outra de matar a gente de rir é o sujeito dizer que 5% dos inconformados agora viraram 45%...Será desinformação mesmo ou pura alienação mental? O índice de abstenção, que se vem repetindo em toda eleição, nada tem a ver com manifestação contra o governo. Se assim o fosse, o governo do PT e o presidente Lula não teriam o índice de aprovação que ostentam.
Enfim, os 5% estão situados na faixa dos milionários, parte da classe média metida a besta, que não se conforma em agora ter que viajar de avião ao lado de pobres, como o jornalista Prates (Santa Catarina) meteu o pau no Lula e no governo porque deu condições aos pobres de comprar carro. Para esse tipo de gente, pobre é prá levar no lombo.

Antronio disse...

deodatinho num precisa responder esses abestados nao é tudo gente que vive mamanmdno aqui da prefeitura, lisos e aduladores que num sabem que eles mesmos é que melhoraram de vida como milhpes de brasileiros pelo maravilhoso governo do presidente Lula e do PT.

Anônimo disse...

O mais engrasado é que esses abestados e lisos daqui é quem foram agraciados com o governo do Partido dos Trabalhadores, tão no meio dos trinta milhoes que sairam da miseria, se continuar desse jeito com a Dilma vai ser mais vinte anos do PT no governo e tome peia nesses exploradores do povo do PSDB, que aqui no ceará ´parece que vai se acabar.Trabalho na prefeitura e vejo a merda que é esse PSDB e esse prefeito fazedor de merda.

Anônimo disse...

Seria bom o Alfredo Carlos cobrar recursos do deputado federal em quem ele votou, Domingos Neto. pq não faz Alfredão??? Talvez seja o que faça de melhor p/ Boa Viagem, em vez de rasgar sedas para o Argeu aqui na Rádio Liberdade...

Lulu disse...

Ô pesoal prá ter raiva de pobe esse povo do PSDB e do DEM né dr. fernando assef
Olhem aí mais uma perseguição contra os pobre que eles tão fazendo:

DEM contesta cessão de terra a quilombos
JUSTIÇA
O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar em 2011 ação proposta pelo DEM, pedindo que seja declarado inconstitucional o Decreto 4487, assinado em 2003 pelo presidente Lula, regulamentando o processo de titulação das terras de remanescentes de quilombolas.

Anônimo disse...

O Enigma do João.

Por que o joão sendo feio como é pega tanta mulher bonita?

Anônimo disse...

DEODATO VER SE LER AS COISAS DIREITO POIS ESCREVIR ERRAMOS 4% AGORA É 44%, VOCE TEM QUE MENTIR COM FAZ VOCES DO PT, VOCE ESCREVEU 5% E 55%, VER SE NÃO ALMENTA. SEI QUE VOCES DO PT VAO RIR MUITO DAS DESGRAÇAS DO POVO BRASILEIRO.

Anônimo disse...

4,5 DE REAIS.!!! QUANTO DINHEIRO!!!
E AS ESCOLAS QUE PRECISAM SER REFORMADAS!?
E OS POSTOS DE SAÚDE QUE PRECISAM SER REEQUIPADOS!?
E OS FUNCIONARIOS MUNICIPAIS QUE PRECISAM SER MELHOR REMUNERADOS!?
SE A SRA. LUIZIANNE LINS TEM PODER PRA CONSEGUIR PATROCÍNIO PRA CONSEGUIR ESSE MONTANTE PRA FAZER UMA FESTA, PQ NAO CONSEGUE PRA FAZER MELHORES BENFEITORIAS PRA CIDADE, JÁ QUE A FESTA DURA SOMENTE UM DIA (OU NOITE!!!) E AS ESCOLAS, OS POSTOS DE SAÚDE DURAM MUITO MAIS TEMPO!??

Anônimo disse...

PARABÉNS PREFEITA FORTALEZA E CAPITAL QUE MAS GASTA COM FESTA KKKK. ESSSE 4,5 MILHÕES ERA PRA SER INVERTIDO EM EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PARA TODA POPULAÇÃO , OPS PREFEITA PERGA UM ONIBUS EM VAI ATE OS TERMINAIS E PASSA NA FAIXA KKKKKKKK SIM NUH MORRE FICA ALEJADO KKKKKKKKKK

Anônimo disse...

PT É PT - PODE TUDO !!! A DILMA VEM AI !!! AH... ISSO TUDO QUE A PREFEITURA FAZ É MERECIDO PELA POPULAÇAO , POIS PODERIAMOS TER ELEITO OUTRO PREFEITO , MAS A POPULAÇAO GOSTA DE SOFRER SO SE FOR OS DOIS MANDATOS!!

Anônimo disse...

Sabemos que é um investimento que tem retorno com o turismo, más, se pensarmos que todo este dinheiro a ser gasto deveria ser investido na p´rporia prais de iracema ( esburacada, escura e sem segurtança, o CRACK tomou connta) , no alargamento de 80m da Beira mar, PENSE SENHORA PREFEITA, MARIA ANTONIETA PERDEWU A CABEÇA NA gUILHOTINA AO "OFERECER BRIOCHEAO POVO QUANDO FOI INFORMADA QUE O MESMO ESTAVA COM FOME E PRECISAVA DE PÃO". Cuidado com seu lindo pescoço, quando precisar se candidatar para novo cargo, más, com o povo tem memória curta, vamos aproveitar no REVEIllon de 4,4 Milhões.

Anônimo disse...

AS ATRAÇÕE SÃO ÓTIMAS, MAS SE TIVÉSSEMOS UMA CIDADE BELA PARA COMEMORAR... PARA QUE TANTAS ATRAÇÕES??????? SERIA MAIS PROVEITOSO E MAIS CORRETO INVESTIR ESSE DINHEIRO PARA LIMPAR A CIDADE E TAPAR OS BURACOS NA CIDADE E NA SEGURANÇA!!!!

Anônimo disse...

IJF vai fechar por não receber mais nehum tipo de prótese (ortopedica, neurologica e cardiaca0 por falta de pagamento aos forcenecedores.

Anônimo disse...

SOCIALISMO Você tem duas vacas, o governo toma uma e dá a outra para o seu vizinho.

COMUNISMO Você tem duas vacas, o governo toma as duas e te dá leite.

FASCISMO Você tem duas vacas, o governo toma as duas e vende o leite para vc

NAZISMO Você tem duas vacas, o governo toma e te mata.

DEMOCRACIA Você tem duas vacas, vende as para o governo, muda para a cidade e fica desempregado.

CAPITALISMO Você tem duas vacas, vende uma, compra um touro e o governo toma os bezerros como IR.

Deodato Ramalho disse...

Lendo essas bobagens sobre a festa do reveillon, que, por sinal, entre as maiores do Brasil, Fortaleza é a mais barata, não tive como não me lembrar do meu professor de português, no Dom Terceiro (professor Viana, que era funcionário do BEC), dizia ele: "tem idiota que olha prá cima e diz que ali é o céu... e que é azul". O que tem a ver? "tem idiota que não sabe distinguir o que é gasto do que é investimento". O reveillon de Fortaleza é, hoje, um dos maiores apelos túrísticos do Estado. O valor que é investido, além do valor imaterial de que se reveste, alimenta uma grande cadeia produtiva na cidade, com a criação de milhares de oportunidade de emprego e renda.

Amâncio José disse...

Um corpo insepulto
Caro Deodato, quero dedicar esse artigo a esses anônimos que na tentativa de justificar as bandalheiras tucanas com argumentos tão profundos quanto um prato de arado, tentam atingir você, conterrâneo que tanto nos orgulha pelo seu caráter e honradez. Talvea inspirados no líder maior deles - FHC:

"UM CORPO INSEPULTO"

Por Petrônio Souza Gonçalves

Eram os anos de chumbo no Brasil. No Chile, muitos brasileiros viviam o exílio, entre eles o jornalista mineiro José Maria Rabelo, que dirigia um importante instituto na periferia de Santiago. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que sempre fazia questão de se mostrar boa praça entre os exilados - Fernando Henrique viveu um exílio voluntário - ostentava o cargo de diretor das Organizações das Nações Unidas. Uma bela noite, atendendo ao convite de José Maria Rabelo, Fernando Henrique fez uma bela palestra em seu instituto.
Ao final do evento, sabendo que José Maria não possuía carro, Fernando Herinque, que morava na mesma região do amigo brasileiro, perguntou em alto e bom som: “Zé Maria, você está de carro?”. Zé Maria ao dizer não, aceitou a carona de Fernando Henrique. Depois de muito rodar pela capital chilena dentro do imponente Mercedes-Benz da ONU, a chuva os pegou nos arredores de suas casas, quando, surpreso, Zé Maria ouviu constrangido a pergunta de FHC: “Ô Zé Maria, aqui já está bom para você?”. Como manda a boa tradição mineira, Zé Maria respondeu baixinho: “Uai, está bom sim”. E foi deixado ali pelo amigo, na chuva e no frio, até terminar sua viagem de táxi.
Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.
Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.
Ainda assim, FHC deve agradecer aos céus. Pois outros presidentes que implantaram em seus governos a mesma política que ele adotou no Brasil, enfrentaram, além do ostracismo, a justiça, e foram todos condenados, como foi com o Menem na Argentina e Fujimori no Peru.
Mas como a sociologia ensina e FHC propaga, o Brasil é o país da boa convivência, e tem um povo muito generoso. Seu grande erro foi acreditar que além de tudo, o povo era bobo.

Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=253815

Amâncio José disse...

Caro Deodato, quero dedicar esse artigo a esses anônimos que na tentativa de justificar as bandalheiras tucanas com argumentos tão profundos quanto um prato de arado, tentam atingir você, conterrâneo que tanto nos orgulha pelo seu caráter e honradez. Talvea inspirados no líder maior deles - FHC:

"UM CORPO INSEPULTO"

Por Petrônio Souza Gonçalves

Eram os anos de chumbo no Brasil. No Chile, muitos brasileiros viviam o exílio, entre eles o jornalista mineiro José Maria Rabelo, que dirigia um importante instituto na periferia de Santiago. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que sempre fazia questão de se mostrar boa praça entre os exilados - Fernando Henrique viveu um exílio voluntário - ostentava o cargo de diretor das Organizações das Nações Unidas. Uma bela noite, atendendo ao convite de José Maria Rabelo, Fernando Henrique fez uma bela palestra em seu instituto.
Ao final do evento, sabendo que José Maria não possuía carro, Fernando Herinque, que morava na mesma região do amigo brasileiro, perguntou em alto e bom som: “Zé Maria, você está de carro?”. Zé Maria ao dizer não, aceitou a carona de Fernando Henrique. Depois de muito rodar pela capital chilena dentro do imponente Mercedes-Benz da ONU, a chuva os pegou nos arredores de suas casas, quando, surpreso, Zé Maria ouviu constrangido a pergunta de FHC: “Ô Zé Maria, aqui já está bom para você?”. Como manda a boa tradição mineira, Zé Maria respondeu baixinho: “Uai, está bom sim”. E foi deixado ali pelo amigo, na chuva e no frio, até terminar sua viagem de táxi.
Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.
Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.
Ainda assim, FHC deve agradecer aos céus. Pois outros presidentes que implantaram em seus governos a mesma política que ele adotou no Brasil, enfrentaram, além do ostracismo, a justiça, e foram todos condenados, como foi com o Menem na Argentina e Fujimori no Peru.
Mas como a sociologia ensina e FHC propaga, o Brasil é o país da boa convivência, e tem um povo muito generoso. Seu grande erro foi acreditar que além de tudo, o povo era bobo.

Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=253815

Amâncio José disse...

Caro Deodato, quero dedicar esse artigo a esses anônimos que na tentativa de justificar as bandalheiras tucanas com argumentos tão profundos quanto um prato de arado, tentam atingir você, conterrâneo que tanto nos orgulha pelo seu caráter e honradez. Talvea inspirados no líder maior deles - FHC:
"UM CORPO INSEPULTO"
Por Petrônio Souza Gonçalves

Eram os anos de chumbo no Brasil. No Chile, muitos brasileiros viviam o exílio, entre eles o jornalista mineiro José Maria Rabelo, que dirigia um importante instituto na periferia de Santiago. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que sempre fazia questão de se mostrar boa praça entre os exilados - Fernando Henrique viveu um exílio voluntário - ostentava o cargo de diretor das Organizações das Nações Unidas. Uma bela noite, atendendo ao convite de José Maria Rabelo, Fernando Henrique fez uma bela palestra em seu instituto.
Ao final do evento, sabendo que José Maria não possuía carro, Fernando Herinque, que morava na mesma região do amigo brasileiro, perguntou em alto e bom som: “Zé Maria, você está de carro?”. Zé Maria ao dizer não, aceitou a carona de Fernando Henrique. Depois de muito rodar pela capital chilena dentro do imponente Mercedes-Benz da ONU, a chuva os pegou nos arredores de suas casas, quando, surpreso, Zé Maria ouviu constrangido a pergunta de FHC: “Ô Zé Maria, aqui já está bom para você?”. Como manda a boa tradição mineira, Zé Maria respondeu baixinho: “Uai, está bom sim”. E foi deixado ali pelo amigo, na chuva e no frio, até terminar sua viagem de táxi.
Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.
Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.
Ainda assim, FHC deve agradecer aos céus. Pois outros presidentes que implantaram em seus governos a mesma política que ele adotou no Brasil, enfrentaram, além do ostracismo, a justiça, e foram todos condenados, como foi com o Menem na Argentina e Fujimori no Peru.
Mas como a sociologia ensina e FHC propaga, o Brasil é o país da boa convivência, e tem um povo muito generoso. Seu grande erro foi acreditar que além de tudo, o povo era bobo.

Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=253815

Anônimo disse...

DEODATO FALEI SOBRE O GASTO DO REVEILLON , SERAR QUE NOSSA CIDADE COM UM GASTO DESSE NÃO ERA MELHOR TAMPAR OS BURRACOS OU GASTAR NA SAUDE, VOCE É DAQUELE QUE É MELHOR DAR CIRCO, DUQUE DAR UMA BOA SAUDE OU UMA VIDA MELHOR PRA O POVO DE FORTALEZA, SERAR QUE COM ESSE GASTO VAI GANHAR A PERIFERIA DA CIDADE, OU PELO MENOS VAI SOBRAR DINHEIRO PRA TERMINAR O HOSPITAL DA MULHER, O IJF, CONCERTAR AS PRAÇAS, OUTRA COISINHAS MAIS, TERMINAR PELO MENOS O PV QUE VOCE FEZ O FAVOR DE FECHAR COM SUA CAMBADA AI DE BOA VIAGEM QUE VOCE COLOCOU NA REGIONAL.

Anônimo disse...

Sinto a mais profunda e verdadeira vergonha em ser brasileiro.

Amâncio José disse...

Caro Deodato, aos anônimos que tentam lhe atacar usando o que existe de pior na democracia, ou seja, o anonimato e o discurso subterrâneo com a profundidade de um pires, dedico esse artigo intitulado "UM CORPO INSEPULTO".

São essas pessoas, viúvas do atraso e dos desmandos tucanos que não admitem e nem aceitam que um operário nordestino transformou o Brasil e elegeu sua sucessora uma mulher.

Agora, no purgatório, essas viúvas tucanas esperneiam e tentam agredir pessoas honradas iguais a você, um conterrâneo que tanto nos orgulha por seu exemplo de homem público.

Amâncio José disse...

Um corpo insepulto

Por Petrônio Souza Gonçalves

Eram os anos de chumbo no Brasil. No Chile, muitos brasileiros viviam o exílio, entre eles o jornalista mineiro José Maria Rabelo, que dirigia um importante instituto na periferia de Santiago. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que sempre fazia questão de se mostrar boa praça entre os exilados - Fernando Henrique viveu um exílio voluntário - ostentava o cargo de diretor das Organizações das Nações Unidas. Uma bela noite, atendendo ao convite de José Maria Rabelo, Fernando Henrique fez uma bela palestra em seu instituto.
Ao final do evento, sabendo que José Maria não possuía carro, Fernando Herinque, que morava na mesma região do amigo brasileiro, perguntou em alto e bom som: “Zé Maria, você está de carro?”. Zé Maria ao dizer não, aceitou a carona de Fernando Henrique. Depois de muito rodar pela capital chilena dentro do imponente Mercedes-Benz da ONU, a chuva os pegou nos arredores de suas casas, quando, surpreso, Zé Maria ouviu constrangido a pergunta de FHC: “Ô Zé Maria, aqui já está bom para você?”. Como manda a boa tradição mineira, Zé Maria respondeu baixinho: “Uai, está bom sim”. E foi deixado ali pelo amigo, na chuva e no frio, até terminar sua viagem de táxi.
Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.
Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.
Ainda assim, FHC deve agradecer aos céus. Pois outros presidentes que implantaram em seus governos a mesma política que ele adotou no Brasil, enfrentaram, além do ostracismo, a justiça, e foram todos condenados, como foi com o Menem na Argentina e Fujimori no Peru.
Mas como a sociologia ensina e FHC propaga, o Brasil é o país da boa convivência, e tem um povo muito generoso. Seu grande erro foi acreditar que além de tudo, o povo era bobo.

Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=253815

Amâncio José disse...

Um corpo insepulto

Por Petrônio Souza Gonçalves

Eram os anos de chumbo no Brasil. No Chile, muitos brasileiros viviam o exílio, entre eles o jornalista mineiro José Maria Rabelo, que dirigia um importante instituto na periferia de Santiago. O sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que sempre fazia questão de se mostrar boa praça entre os exilados - Fernando Henrique viveu um exílio voluntário - ostentava o cargo de diretor das Organizações das Nações Unidas. Uma bela noite, atendendo ao convite de José Maria Rabelo, Fernando Henrique fez uma bela palestra em seu instituto.
Ao final do evento, sabendo que José Maria não possuía carro, Fernando Herinque, que morava na mesma região do amigo brasileiro, perguntou em alto e bom som: “Zé Maria, você está de carro?”. Zé Maria ao dizer não, aceitou a carona de Fernando Henrique. Depois de muito rodar pela capital chilena dentro do imponente Mercedes-Benz da ONU, a chuva os pegou nos arredores de suas casas, quando, surpreso, Zé Maria ouviu constrangido a pergunta de FHC: “Ô Zé Maria, aqui já está bom para você?”. Como manda a boa tradição mineira, Zé Maria respondeu baixinho: “Uai, está bom sim”. E foi deixado ali pelo amigo, na chuva e no frio, até terminar sua viagem de táxi.

Amâncio José disse...

(continuação... Um Corpo Insepulto)

Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.
Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.

Amâncio José disse...

(continuação... Um Corpo Insepulto)

Fernando Henrique Cardoso só não sabia o que o destino havia lhe reservado. Anos depois, foi deixado, entre uma palestra e outra, na chuva e no frio pela história, se tornando um exilado em seu próprio país.
FHC é um clandestino ideológico, um corpo político insepulto, que espalha seu mau cheiro entre aqueles que estão a sua volta, aqueles que vivem a sua sombra. José Serra e Geraldo Alckmin sabem muito bem o quanto é desagradável esse mau cheiro e que nada, ou quase nada, cresce a sua sombra.
Pesa sobre o cadáver político de FHC uma política entreguista, usurpadora, servil; de doação do patrimônio público; submissão à política internacional, ao FMI; o sucateamento do Estado, dentro de uma política de administração zero; de adoração ao mercado financeiro - essa entidade sem rosto e sem pátria; as medidas antinacionais e antipopulares; o culto extremado à vaidade, ao personalismo; o compadrio; o fisiologismo; o mensalão ideológico e a compra da reeleição; a interferência direta nos poderes, com a criação e a exímia atuação do engavetador geral da república; o desdém às Forças Armadas e à Polícia Federal; as péssimas e criminosas gestões nas estatais para justificar suas privatizações; o desmantelamento do sentimento de nação.

Amâncio José disse...

(continuação de "Um Corpo Insepulto"

Não há precedente na história do Brasil de uma figura que depois de galgar os mais altos cargos públicos tenha sido legada ao esquecimento. Nem o Collor, que entrou na presidência da República pela porta da frente e saiu pela porta do fundo, corrido.
FHC é quase uma sombra, um vulto, uma assombração. Quando José Serra fez seu discurso de reconhecimento da derrota, transmitido ao vivo por todos os canais de rádio e tv, assistimos ao revelador episódio quando a filha de Serra se esmerou em alertar o candidato sobre a presença de um ex-presidente entre os correligionários. Serra olhou, virou-se à filha e falou: Ah, o Fernando Henrique, tudo bem! E voltou-se para seu discurso, sem uma menção sequer do ex-presidente e ex-chefe.
Ainda assim, FHC deve agradecer aos céus. Pois outros presidentes que implantaram em seus governos a mesma política que ele adotou no Brasil, enfrentaram, além do ostracismo, a justiça, e foram todos condenados, como foi com o Menem na Argentina e Fujimori no Peru.
Mas como a sociologia ensina e FHC propaga, o Brasil é o país da boa convivência, e tem um povo muito generoso. Seu grande erro foi acreditar que além de tudo, o povo era bobo.

Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=253815

Amâncio José disse...

Deodato, quando acontecer isso, o mesmo comentário repetido várias vezes, você pode cortar e deixar apenas um. Isso ocorre porque ao inserir o comentário aparece uma mensagem de erro, aí fico tentando várias vezes. Grato.

Desconhecida disse...

É Realmente!!!!!!!!!!!!!!! Que palhaçada a Semana do Município. Esse povo da prefeitura pensa que da pra enganar a população com aquele besterol lá na praça. Nem mesmo o prefeito suportou ele foi o primeiro a pegar o beco de ver tanta besteira em um só local. Haja saco!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Dilma deverá colocar na presidência do BC, algum integrante do MST ou ainda algum ex-coleguinha dos tempos do VAR-PALMARES.

Anônimo disse...

Este descaso da prefeitura é a pura demonstração do despreparo dessa Prefeita que até o momento não concluiu nenhuma obra que prometeu. Hospital da Mulher anda a passos de lesmas, Cucas, só saiu um, PV, atrasado e sem previsão, transito, caotico e a AMC só sabe multar, a "Fortaleza Bela" só nos olhos dela, pois o que vemos é uma sujeira total. E vai terminar o mandato como começou, sem nada realizado.

Anônimo disse...

Ninguém precisa se preocupar, o PV vai ser concluído um dia depois da inauguração do Hospital da Mulher...e depois bote o DEODATO pra administrar, ai vai fechar em menos de um ano , não darar tempo pra chegar a eleição.

Anônimo disse...

Parabéns a nossa "Competentissima" Prefeita e seu Secretário de Esportes, pelas Promessas de entrega da Obra do nosso PV. Só falta o Presidente da FCF, adotar o mesmo critério de desempate para o belissimo Campeonato Cearense de 2011. Isso é Palhaçada e falta de respeito com a População.

Anônimo disse...

Só nao entendo o eleitor brasileiro. Fortaleza jogada para os bichos, rio de janeiro se acabando na guerra e os gorvenantes sendo reeleitos. ??? Rio e Fortaleza é governada, por partidos de sustentação da base de governo federal (PT). Ninguem tira da minha cabeça que isso é compra de voto!!!

Deodato Ramalho disse...

Vamos combinar uma coisa: toda vez que alguém postar um comentário totalmente tresloucado, prenhe de desinformação e também de deslavada mentira, vamos apenas responder apenas lembrando o meu professor de português, no Dom Terceiro, prof. Viana, que dizia:
"o idiota olha para cima e o que vê diz que o céu e que o mesmo é azul".
Finalmente: quero ver a "cara de tacho" daqueles que, em Boa Viagem, vivem pautando palmas para placas de obras que nem mesmo foram iniciadas e já são apregoadas como existentes,quando estiverem funcionando o Hospital da Mulher, o PV, as avenidas do Transfor (dessas, aliás, já está em pleno funcionamento a da Av. Bezerra de Menezes...).
Outra coisa: a inveja, o rancor (muitos dos quais, coitados, expressam para agradar o chefe incompetente) contra o Deodato Ramalho é tão manifesto que fingem desconhecer que o secretário de esportes de Fortaleza é o competente Evaldo Ferreira, também boa-viagense. Mas, compreendemos, são aqueles que olham prá cima e dizem que "... ali é o céu e que é azul". Vamos adiante, porque "enquanto os cães ladram, a caravana passa..."

Anônimo disse...

O atual e futuro Ministro da Fazendo Guido Mantega, já pronuciou que 2011 é o ano de cortes nos gastos, inclisive não há aumento pra toda classe de servidores federais, não vai haver concursos, cargos serão exonerados, menos verbas na saúde, educação, segurança, transportes etc. E dali Dilma, e Dali PT. kkkkkkk
A demagogia e hipocresia de alguns militantes do PT nunca me encanou, sem contar nas falcatruas no governo do Lula, mensalão na sua barba e ele não sabia de nada, engraçado toda a casa civil sabia menos o Lula. Conta outra que acredito. PT essa é a tua verdadeira cara!! Como acontece em todos os partidos, no PT também tem muita gente boa e honesta. Pena que muitos não tem oportunidade.

Anônimo disse...

Deve ter algum engano. Há alguns dias li que a festa de Réveillon deverá custar R$ 4,5 milhões! Quem gasta esse valor em festa, por certo deve estar com as contas em dia na saúde e na educação. Acredito que aja algum engano.

Anônimo disse...

Mas a nossa prefeita estava do lado da dilma no palanque notaram? Sera que a Dilma não pode salvar ela heim?

Anônimo disse...

Infelizmente, muitas pessoas morrerão, caso a Prefeitura de Fortaleza não quite as referidas dívidas. E aí fica a pergunta: Quem será responsabilizado pelas mortes dos Fortalezenses? Vamos soltar fogos para comemorarmos as mortes ? Será que diante de tamanha atrocidade, ainda existe alguém com espírito de comemoração? Nos vamos comemorar o que afinal?

Anônimo disse...

Gostaria de parabenizar ao diretor presidente da RÁDIO LIBERDADE Dr.Deodato Ramalho e ao Roberto Silva por ter aberto espaço para que a população manifestasse sua indignação e revolta, pela a falta de respeito e compromisso a população por parte da administração municipal: saúde ,educação,Agricultura,infra estrutura em fim todos os setores. O que seria do povo de Boa Viagem se não fosse a Rádio Liberdade? Ditadura nunca mais.

Anônimo disse...

Sabemos que o Prefeito Fernando Assef, não tá nem ai para a população, será que o povo é tão cego? Ou prefeito acha que o povo é burro? Se espera que o povo vai dá o troco ,acho que já está na hora de cortar o mal pela a raiz. Ele diz que vai mandar na Boa Viagem Por 8 anos. Eu pergunto, onde será que ele vai gastar todo esse dinheiro que é nosso? Piauí? ou Rio Grande do Sul?

Anônimo disse...

Em se tratando da educação, tenho pena dos professores que estão deixando de receber o piso salarial como de direito, será que o Prefeito está pensando que está lidando com analfabeto. Pode ter certeza que vai ter volta espere prá ver.

Anônimo disse...

“TOPA TUDO POR SALARIO”
Os puxas sacos do prefeito Fernando Assef,não perdem oportunidade de querer aparecer para garantir seu salário. Na abertura do dia do município em que se encontravam alunos e professores, representantes municipais e centenas de populares, quando o radialista Erialdo Costa, solicitou salvas de palma para o prefeito, somente ANA JAVES E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO Lucirene se manifestaram, elas não são puxa sacos, isto é que é ’’topar tudo por salário.”

Anônimo disse...

Eu não entendo porque tudo que está relaciona a agricultura o Prefeito Fernando Assef, não dá a mínima, segundo comentários a Escola Agrícola que deveria servir para capacitar os filhos de produtor rurais, está sendo transformado em deposito de esgoto. A farmácia viva no sitio capitão mor que seria para baratear os custos dos medicamentos, está servindo para abrigar animais. A secretaria de agricultura é a pior de todas. Eu pergunto, será que os produtores merecem tudo isso? Seu prefeito os produtores rurais merecem respeito. Aqui em Boa Viagem quem não é produtor rural é filho de produtor, parente de produtor ou depende direto ou indireto do produtor. Um prefeito desses merece é uma mandioca bem grande...
O Prefeito das placas, também instalou uma placa para a farmácia viva que ficava na entrada cidade próximo a santa, só que retiraram quem leu na época. O custo para implantar a farmácia viva era em torno de R$ 42.000,00. A farmácia viva MORREUUUU.
Será que os malas da cidade são os 3 mosquiteiros:
ANA ASSEF: Ganha da prefeitura melhor salário ,1ª ministra,manda na prefeitura ,mais que o prefeito,mais que os vereadores e não recebeu nenhum voto.
SAMUEL FILHO; É o sub da 1ª ministra é o tesoureiro do cofre.
FERNANDO ASSEF; È o maior mala da década. Vai para o livro do guines.