domingo, 7 de novembro de 2010

CONHECENDO O ESTILO DA PRESIDENTA ELEITA DO BRASIL. FORÇA E DETERMINAÇÃO.

A gerente que se fez política
Colecionadora de divergências ao longo do governo Lula, Dilma Rousseff mostrou estilo muitas vezes considerado rude com colaboradores. Eleito seu vice, o peemedebista Michel Temer consta entre suas ''vítimas'' do passado


06.11.2010 16:00 - Jornal O POVO

Se a diferença mais visível entre o atual presidente e sua sucessora eleita está no talento que nele sobra e nela falta para a oratória, o que mais os distancia na forma de administrar é a habilidade política. Enquanto Luiz Inácio Lula da Silva é conciliador, conversa muito e adia decisões para contornar divergências, Dilma Rousseff é mais objetiva e menos diplomática. Um estilo que acabou levando a confrontos e turbulências. Sobretudo com o partido de seu vice-presidente eleito: o PMDB.

Nas Minas e Energia, contornar obstáculos políticos foi tarefa mais trabalhosa que reorganizar o setor recém-saído do apagão. Sua própria indicação foi resultado de crise com os peemedebistas. José Dirceu, que negociava em nome de Lula a formação do governo, havia chegado a acordo com Michel Temer, hoje vice-presidente eleito, para que o PMDB indicasse o ministro da área energética. Na última hora, porém, Lula vetou o acordo. Dilma assumiu o cargo e o partido de Temer adiou a entrada no governo, que ocorreria só em 2004.

Era o começo de uma relação complicada, cujo momento mais crítico foi em abril de 2005. Peemedebistas derrubaram, no Senado, a indicação do engenheiro José Fantine para a diretoria-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Motivo: insatisfação com Dilma no preenchimento de cargos. “Não foi uma derrota do governo, foi uma derrota da ministra”, disse na ocasião Ney Suassuna (PB), que era líder do PMDB.

Houve ainda divergências com o próprio homem que, em 2001, foi responsável por levá-la para a equipe que formulava o programa da candidatura de Lula. Luiz Pinguelli Rosa, presidente da Eletrobrás, foi seguidas vezes desautorizado por Dilma, até ser demitido, em 2004, para abrir espaço para o... PMDB.

Houve divergência ainda com o hoje presidente do PT, José Eduardo Dutra, que presidia a Petrobras quando Dilma estava nas Minas e Energia. Também trombou com Dirceu, que defendia a construção da usina nuclear de Angra 3, à qual ela se opunha.

Com o Meio Ambiente, que Marina Silva (hoje no PV) comandava, as divergências foram mais graves. A ponto de Dilma dizer que a demora na liberação de licença ambiental para hidroelétricas representava risco de novo apagão. Quando foi para a Casa Civil, na coordenação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a relação só piorou.

LISTA DE ATRITOS

Ao substituir Dirceu, Dilma já destacava a necessidade de agregar o componente político à sua atuação. “Há uma tentativa de tornar a gestão igual a uma atividade técnica sem conteúdo político, o que eu acho que é uma versão absolutamente incorreta de gestão pública. Gestão pública é gerir projetos: quais são os prioritários, quais são os critérios políticos que fazem com que um projeto tenha prioridade em relação a outro”, disse, no discurso de posse na Casa Civil.

Como ministra-chefe da pasta mais importante do governo, ela teve atritos ainda com dois dos cotados para exercer papeis importantes na futura administração: Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, e o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

Bernardo propôs o chamado “ajuste fiscal de longo prazo”. Dilma classificou a proposta de “rudimentar”, sepultando a ideia e comprando briga com também com o então titular da Fazenda, que deixaria o governo pouco depois.

Hoje, Palocci é cotado para ministro da Saúde. Bernardo pode ir para a Casa Civil.

Érico Firmo
ericofirmo@opovo.com.br

14 comentários:

Anônimo disse...

Zé Serrote
1º Turno: (o bom velhinho)
Serra, serra, serrador
Serra tudo pela frente
E ganhe o eleitor
Traga voto, até do crente
Quero ser o vencedor
...
2º Turno: (o carcará)
Q’que foi que aconteceu?
Nessa terra analfabeta?
Meu partido prometeu...
A mentira foi completa
Mas o povo me fodeu
...
3º Turno (o terrorista)
Vou gritar e ameaçar
Feito um Zé Desavença
O terror sei espalhar
Ao meu lado, deus e crença!
O país vou detonar.

Anônimo disse...

A que ponto chegamos, o Enem que deveria ser um modelo seguro e democrático de ingresso a Universidade, mostra sua fragilidade e incompetência do governo mas precisamente do Ministério da Educação que pela 2ª vez registrou falhas. Imagina o que acontece nos concursos federais mais concorridos como, Polícia Federal, MPU, PRF, STF etc. Mas não se encanem, isso é o Brasil do PT!

Anônimo disse...

vejo muita gente aqui falar da aline filha do mazinho pra prefeita, não adianta, ela ainda é muito imatura para encabeçar uma chapa. a única maneira de tirar a tucanada da prefeitura é a uniao dos grupos políticos de nossa cidade: a turma do PT encabeçada pelo Dr Marcio Ari, a Aline na turma dos 22 e infelizmente a turma do Argeu, não são muito de confiança , mas é o jeito, tem peso político, pode ser devido ao poder econônomico, mas tem.

pq se continuar essa divisão o Dr gutemba, junto com a 'Dra Valda" tomam de conta da prefeitura, pois nandinho nao poderá ser candidato(graças a deus), ai será um Deus nos acuda.

Eudson Maia Júnior disse...

Li um texto muito bom de José Barbosa júnior intitulado "Calem a boca, Nordestinos." que fala um pouco dessa discriminação e revolta que foram gerados pela vitória de Dilma nas eleições passadas!! quem quiser ter acesso acesse o link:

http://www.crerepensar.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=204&Itemid=26

tentei postar aqui no blog, mas é um pouco extenso, daria um bom tópico de análise e discussões, mas isso fica a critério do amigo
Deodato.

Abraço

Anônimo disse...

América-AM 1 x 1 Guarany-CE - Cacique do Vale fica mais perto do título! - América-AM e Guarany empataram por 1 a 1, na primeira partida da grande decisão do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida foi disputada na tarde deste domingo, em Santarém, no Estádio Colosso dos Tapajós.
Agora, na partida de volta, que será disputada no próximo domingo, às 18 horas, no Estádio do Junco, em Sobral, quem vencer garante o título. Se o resultado repetir, a decisão vai para os pênaltis. Agora, o empate por 0 x 0 dá o caneco para os cearenses. Empate por um saldo maior de gols, vale o título para os amazonenses.
Atuando em casa, o retrospecto do Guarany é muito bom, o time não sabe o que é derrota. Nas últiomas fases, todas as decisões foram feitas no Junco e o Rubro-Negro conquistou a vaga. Ao todo foram cinco vitórias e dois empates.
Começou a mil por hora...
A partida começou eletrizante e desde os primeiros minutos os times mostraram que iriam para cima em busca do gol. Quem teve a primeira sorte foi o Guarany, que dez minutos balançou as redes. Thiago foi até a linha de fundo e cruzou na área. O goleiro Naylson não agarrou a bola e soltou no pé de Vanderlei, que só tocou para o gol aberto, a resposta amazonense aconteceu aos 14 minutos quando chegou ao empate.
O Guarany desceu para os vestiários comemorando o empate.
Ficha técnica
América-AM 1 x 1 Guarany-CE
Local: Estádio Colosso dos Tapajós, em Santarém-PA
Gols: Vanderlei aos 10'/1T (Guarany); Edinho aos 14'/1T (América-AM)
Guarany-CE
Vantuir; Alberto, Júnior Alves, Tobias e Zadda; Thiago Granja (Jean), Bismarck (Carlos Alberto) e Carlos; Marco Túlio (Jhones) e Vanderlei
Técnico: Oliveira Canindé

Deodato Ramalho disse...

A respeito do ENEM. Os grupos que exploram o ensino privado patrocinam dura campanha contra o ENEM. Pior é que algumas pessoas, inocentemente, embarcam nessa onda. Ora, o problema ocorrido com as provas do ENEM alcançaram 0,04% do total das provas, ou seja,não haverá nenhum problema em aplicar a prova aos que foram prejudicados. O que está por trás dessa onda toda é exatamente a campanha dos donos de colégios privados, que sempre combateram o ENEM.

Anônimo disse...

NÃO CONHEÇO NENHUMA REDE DE ENSINO NO BRASIL ATACANDO O ENEM POIS AS UNIVERSIDADES PARTICULARES FORAM AS PRIMEIRAS A SEREM BENEFICIADAS COM A PRIVATIZAÇÃO PETISTA DISFARÇADA DO ENSINO SUPERIOR DEIXANDO AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS NA MAIOR DESVANTAGEM EM TERMOS DE ESTRUTURA FÍSICA, VALORIZAÇÃO DOS EDUCADORES, ENSINO EXTENSÃO E PESQUISA. CONTA OUTRA.QUALQUER ERRO DE PROVA É PASSIVO DE ANULAÇÃO.NÃO DEFENDA O INDEFESAVEL PT INCOMPETENTE ATÉ PRA ENCADERNAR PROVAS. NINGUEM COMBATE O ENEM CRIADO PELO COVERNO TUCANO E SIM AS OCORRENCIAS PETISTAS DOS DOIS EXAMES 2009 E 2010

Deodato Ramalho disse...

Inocência, ignorância ou má fé? O sujeito não saber da oposição dos milionários cursinhos prevestibulares ao ENEM é demais. Outra: quem encaderna prova não é o PT e nem o governo, quem encaderna é a gráfica contratada para fazê-lo. O sujeito fingir desconhecer, por exemplo, que num conjunto de 10 milhões de impressos o erro ter sido apenas com 0,003% das provas, é demais...

Anônimo disse...

vcs não aguentam critica mesmo o governo do pt é responsavel sim e paga os serviços com o nosso dinheiro isso não conta para vcs?

Anônimo disse...

“QUANDO UM IDIOTA ESTÁ NO PODER (como aquele das placas), OS QUE O ELEGERAM ESTÃO BEM REPRESENTADOS” e ainda o aplaudem.

Anônimo disse...

As viúvas do Serra estão se manifestando.

kkkkkkkkkkkkkk.

Luciana disse...

Quer dizer que idito é um homem que é reconhecido como o mais competente e o mais ativo secretário da Prefeitura? Será quie é idito por que ´pe uma pessoa correta, um secretário trabalhador? ou será por que num tá envolvido em patifarias e nem assalt9o a banco? Ponre duma cidade que aplaude os fuleiragens e critica os homens de bem.

Anônimo disse...

OS CÃES LADRAM E A CARAVANA PASSA.

Chorem tucanos, chorem… voces terão 4 anos para chorarem, trocar o nome da legenda e reorganizar a quadrilha, sugiro: sai vampiro e entra cheirador!

Anônimo disse...

A educação é importante para todo cidadão,não importa se tenha o ensino fundamental,médio ou superior. O que vale é colocar pessoas sérias para representar o povo para tentar mudar esse cenário degradante que vemos … políticos alfabetizados,mas que envergonham a nação.

Pois eu prefiro os milhões de brasileiros(as) analfabetos(as) no poder às CENTENAS DE CORRUPTOS E QUE FAZEM DE TUDO PRA QUE ESSE PAÍS NÃO DÊ CERTO. SÓ QUEREM ENCHER O PRÓPRIO BOLSO E MASSACRAR OS MENOS FAVORECIDOS, PROMETENDO “MUNDOS E FUNDOS” ANTES DAS ELEIÇÕES, DEPOIS SE FAZEM ESQUECIDOS.