quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

POLICIAIS OCUPAM QUARTEL E SE APROPRIAM DOS EQUIPAMENTOS PÚBLICOS. PRECEDENTE PERIGOSO PARA A DEMOCRACIA.

Um dia tenso e de negociações

Dom Edmilson Cruz intermediando a conciliação
No jogo de estica e puxa entre grevistas e Governo do Ceará, a tensão deu o tom na rua, no quartel ocupado e no Palácio da Abolição

04.01.2012| 01:30   - O POVO.

Na 6ª Companhia do 5º Batalhão da PM, quartel ocupado por policiais em greve, dom Edmilson da Cruz, foi um dos interlocutores entre grevistas e Governo (FOTO: MAURI MELO)
O dia de pânico em Fortaleza, boatos e empresas fechando as portas por medo de arrastões, foi determinante para que o governador Cid Gomes (PSB) cedesse e aceitasse três reivindicações impostas pelo comando de greve de policiais e bombeiros militares do Ceará. 
Os grevistas, que tomaram há seis dias o quartel da 6ª Companhia do 5º Batalhão da PM (Antônio Bezerra), tiveram de Cid Gomes a garantia de que terão incorporados aos vencimentos uma gratificação de R$ 850; redução da carga horária semanal de trabalho de 44 para 40 horas e anistia para quem cruzou os braços, se apossou de mais de 270 viaturas e interrompeu o policiamento ostensivo da Capital e Interior cearenses.
Pela manhã, depois de intermediações do bispo dom Edmilson da Cruz (emérito de Limoeiro) e de Andréa Coelho, Defensora Pública Geral do Estado do Ceará, foram os grevistas que cederam. Concordaram em devolver ao comando da Operação Força Ceará 30 viaturas.
De início, os mais de 2 mil PMs e BMs em greve não aceitaram o pedido do coronel Medeiros Filho, coordenador da Força Nacional, que foi pessoalmente ao quartel ocupado. Após a intervenção do deputado capitão Wagner Sousa, a tropa decidiu pela liberação dos carros.
Às 17h07min, um segundo telefonema da procuradora geral de Justiça, Socorro França, ao deputado capitão Wagner trouxe a notícia de que o governador Cid Gomes iria aceitaria três das seis reivindicações dos grevistas.
Na sala de negociações, de onde O POVO acompanhou tudo com exclusividade, houve um início de comemoração por parte de Wagner Sousa e alguns líderes do comando de greve. No entanto, o subtenente P. Queiroz, outra liderança da paralisação, disse sentir falta da apreciação do governador das demais reivindicações (ler quadro). “Podemos segurar a greve por mais um dia”, soltou.
Proposta recebida e parcialmente aceita, os líderes da greve e advogados redigiram um documento para oficializar o que foi ofertado pelo governador. Os mais de 8 mil PMs e BMs parados no Ceará voltariam ao trabalho hoje pela manhã e Cid marcaria uma nova data para negociar pendências. Até o fechamento da edição, a negociação não havia sido encerrada.
Entre elas, a extinção do Regulamento Disciplinar da PM; o reajuste do valor do auxílio alimentação, equiparando-o ao dos servidores civis. Passando de R$ 6,00 para R$ 10,00. E a regularização das promoções. Segundo o capitão Wagner, há policiais aguardando elevação de patentes há 20 anos.

ENTENDA A NOTÍCIA
O quartel da 6ª Companhia do 5º Batalhão da PM, tomado por militares em greve há seis dias, virou palanque de discursos. Passaram por lá, mais de 20 representantes de sindicatos, alguns vereadores e muitos papagaios de piratas.

As reivindicações

Anistia para os policiais e bombeiros militares que participaram da greve. (Cid Gomes aceitou)
Incorporação do valor da gratificação do turno “c” (madrugada), R$ 850, aos vencimentos dos PMS e BMs que atuam nos turnos “a”(manhã) e “b” (tarde). (Cid Gomes aceitou)
Revisão da carga horária diminuindo de 44 horas semanais para 40 horas. Para os militares que trabalham no Interior do Ceará, que têm carga horária de 90 horas, pagamento de hora extra. (Cid Gomes aceitou a proposta das 40 horas)
Reajuste do valor do auxílio alimentação, equiparando-o aos dos servidores civis. Passaria de R$ 6 para R$ 10. (Ficou para ser discutido após a greve)
Regularização das promoções. Segundo o Deputado capitão Wagner Soares (PR), há policiais aguardando promoção há 20 anos. (Ficou para ser discutido após a greve)
Transformação do Regulamento Disciplinar da PM/BM em código de ética. Assim, seriam extintas as prisões administrativa por indisciplina e insubordinação. (Ficou para ser discutido após a greve)
Fonte: Deputado capitão Wagner Soares (PR), um dos líderes da greve dos PM/BMs que durou seis dias

Viviane Gonçalves
vivi@opovo.com.br
Cláudio Ribeiro
claudioribeiro@opovo.com.br
Demitri Túlio
demitri@opovo.com.br

5 comentários:

Anônimo disse...

Marcio Ary: “o povo tem que mudar mais mudar de verdade não mudar apenas de rosto”

Marcio Ary: “O PT terá candidato em 2012”

Marcio Ary: “Doação de terrenos é uma medida ótima merece palmas, mais é preciso dar a infraestrutura”

Anônimo disse...

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, admitiu nesta quarta-feira que Pernambuco foi o estado que mais recebeu recursos para prevenção de desastres. Bezerra é natural de Pernambuco, cotado para disputar a prefeitura de Recife nas eleições deste ano e provocou desconforto no Palácio do Planalto quando veio à tona a notícia de que ele destinara 90% da verba antienchente do governo para o estado. Chegou-se ao número considerando os valores efetivamente gastos pelo governo para os projetos - de um total de 28,9 milhões de reais para todo o Brasil, Pernambuco recebeu 25,5 milhões de reais. O ministro então interrompeu as férias e convocou uma entrevista coletiva.

Anônimo disse...

Assessores próximos a Dilma Rousseff tem soltado o seguinte balão de ensaio – aparentemente, com a anuência dela: a presidente quer muito contar com o PSD de Gilberto Kassab no governo e poderia arranjar um bom ministério para o partido já agora na minirreforma ministerial que vem aí.

Se Kassab fizer uma pesquisa entre os líderes do PSD não restará dúvida: é uma turma que tem dificuldade de não estar pendurada num governo – seja ele qual for.

Anônimo disse...

Ficamos indignados quando dizem que o “Brasil não é um pais sério”, principalmente quando uma frase dessa parte de um Norte Americano, mas devemos dar a mão a palmatóriaa aos mesmos, porque estamos cansados de ver tantos corruptos lesando o Brasil, e o os brasileiros não tomam uma atitude, porque esta enrraigado no sangue e todos com pequenas excessões tomariam as mesmas atitudes e no fundo concordam com essa robalheira toda. Tenho certeza que a mentalidade desse povo lindo e cheio de cultura um dia mude. E não aceite essa roubalheiro toda que esta acontecesseno em nosso país. Creio muito em “Deus” e tudo que se faz de mal retorna em dobro ou triplo para a pessoa que faz, com certeza o mal que o aflinge e merecido, e qie ele se arrependa e devolva a parte que seu filho consiguiu no Pará, com certeza de forma ílicita. Que Deus em sua imensa sabedoria não tenha piedade dessas pessoas hipócritas. Que as faças sofrer dores de parto. “Amém”

Amâncio José disse...

Deodato tem como vc disponibilizar essa música (Falta um prefeito na prefeitura moçada) para download aki no blog? Grato.