quinta-feira, 2 de junho de 2011

LULA É CONVIDADO POR ONG MUNDIAL PARA ESTRELAR CAMPANHA CONTRA A FOME. O EX-PRESIDENTE GRAVA VÍDEO COMO ESTRELA GLOBAL. NO BRASIL, HÁ QUEM NÃO GOSTE!

Extraído de: Vote Brasil - 31 de Maio de 2011

Lula grava vídeo para campanha mundial de ONG contra a fome

Segundo Oxfam, preço dos alimentos deve ampliar crise alimentar. Em depoimento, ex-presidente também falou sobre experiência pessoal.

A ONG internacional Oxfam inicia nesta quarta (1º) em 37 países uma campanha contra a fome que deverá durar quatro anos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve participar com dois relatos em vídeo. No primeiro, disponível no YouTube, Lula fala da responsabilidade do estado no combate à fome.

"Cada estado deve garantir o alimento ou a renda para que cada família possa comprar sua própria comida. Essa é a condição básica para a paz, a democracia e a cidadania", defendeu.

Segundo Antônio Hill, assessor da organização para a América Latina, a intenção não é focar nas pessoas que estão na miséria e passam fome. "Queremos mostrar que o sistema agrícola internacional está falido e que o aumento do preço dos alimentos vai levar a uma crise mundial", explica

No vídeo de Lula, o ex-presidente atribui maior responsabilidade aos países ricos, que, segundo ele, devem colaborar financeiramente com as nações mais pobres.

No segundo vídeo, que será divulgado em meados de junho, Lula lembrará, segundo a assessoria da Oxfam, do tempo em que passou fome.

Além do ex-presidente, os atores Gael Garcia Bernal e Scarlett Johansson e o arcebispo emérito Desmond Tutu, da África do Sul, participam da campanha. Eles também gravaram depoimentos em vídeo.

De acordo com relatório preparado pela Oxfam para a campanha, batizada no Brasil de "Cresça", o preço do alimento pode aumentar entre 60% e 180% até 2050.

"A população deve passar de 7 bilhões para 9 bilhões, e os produtores não estão preparados para os desafios climáticos que devem aparecer, o que deve fazer aumentar a escassez", afirmou Hill. Segundo a ONG, uma em cada sete pessoas passam fome hoje no mundo.

Estudos apresentados pela Oxfam dizem que produtos da cesta básica, como o milho, deverão ter o preço duplicado nos próximos 20 anos. Para a ONG, as maiores prejudicadas serão as famílias mais pobres, que já têm 80% da renda comprometida com a alimentação.

Brasil

Antônio Hill citou o Brasil como exemplo no combate à fome, mas ressaltou que ainda há mais a se fazer.

"Os programas de distribuição de renda atrelados ao Fome Zero e o investimento na agricultura familiar tiveram um forte impacto na diminuição da miséria no Brasil, que caiu quase pela metade", afirmou.

"Mas isso não que dizer que ainda não haja mais o que se fazer. Mesmo com uma população 86% urbana, ainda há metade dos miseráveis no campo, e isso tem que ser mudado", afirmou.

Ações

Além da publicidade envolvida na campanha, para 2011, a Oxfam pretende pressionar os líderes por tomadas de decisões.

Haverá um apelo por mais transparência no mercado de commodities na reunião dos líderes do G20, em novembro, que deve discutir o preço dos alimentos; trabalhar na discussão sobre o clima em Durban, na África do Sul, no fim deste ano, para que o fundo para o clima global, acordado em 2010, fique em em pleno funcionamento; e, em outubro, a meta é que o Comitê sobre Segurança Alimentar Mundial regulamente a compra de terras para que os pequenos produtores tenham assegurado o acesso aos recursos naturais.

5 comentários:

Anônimo disse...

hoje foi o meu dia masoquista e liguei o rádio na emissora chapa branca.

Gente, vocês não imaginam as asneiras que ouvi daquele que se diz radialista erialdo costa. Ele estava criticando o vereador 70 por ter sugerido ao prefeito enviar um projeto para construir uma delegacia em Boa Viagem.

O radialista disse que quem tem que tomar iniciativa nesse sentido não é o prefeito e sim o governador do estado.

Meu Deeeeeeeeuuuuus, agora o prefeito da Boa Viagem é o governador? Além de puxa-saco, agora ele também é defensor da ausência de projetos para Boa Viagem.

Anônimo disse...

Realmente a competência é do governador! Mas, o poder local, pode sim, interferir, pedir, tentar obter o objetivo! Agora, ficar esperando q as coisas "caiam do céu", principalmente o nosso queridíssimo e amado prefeito sendo da oposição, a Boa Viagem, vai ganhar o q vem ganhando sempre! NADA!

Amâncio José disse...

Anônimo, realmente segurança pública é da competência do estado, mas, os projetos para implementação de ações de segurança devem partir do gestor municipal. O governador não vai saber se um município precisa de X ou Y para melhorar a segurança. O governador só vai liberar verba se existir projeto. Imagine um governador se preocupar em fazer a prospecção das necessidades de cada município?

Anônimo disse...

ERIALDO COSTA, foi trazido pelo MAZINHO, faz mais de 20 anos. ERIALDO é da Independência, vivia por lá, largado pelos bares na cachaça dia e noite. Passou muitos anos com o MAZINHO, depois o traiu por dinheiro e projeção na vida.

O caráter dele e muito duvidoso, é igual ao do Prefeito de Boa Viagem. Só visa o dinheiro e o poder, nada mais. ERIALDO, inventou que ia ser Evangélico, depois largou a igreja totalmente e voltou a beber.

"ERIALDO COSTA OUTRO INGRATO"

Anônimo disse...

Mas é isso mesmo q vc falou Amâncio! O estado do Ceará é muito grande e ele não vai dar conta de todos os problemas se o poder local não fizer a sua parte! A única coisa q Boa Viagem tem se desenvolvido é na quantidade de placas espalhadas pela cidade! E qual o ganho disso para população?