segunda-feira, 5 de abril de 2010

ZÉ SERRA E O APAGÃO DO GOVERNO FHC.


“Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, a pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse que foi a gestão do adversário José Serra (PSDB) no Ministério do Planejamento que deu origem ao racionamento de energia em 2001 – durante o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso. ”

- O Serra que me desculpe, mas ele não foi só ministro da Saúde. Foi ministro do Planejamento. Planejou o quê, hein? Ali, se gestou sabe o quê? O apagão. O apagão que eu falo é o racionamento. Porque o pessoal usa um pelo outro. Racionamento é ficar oito meses sem energia – afirmou Dilma durante a entrevista. Serra foi ministro do Planejamento até meados de 1996.

Questionada se um discurso focado na questão ética pode prevalecer durante as campanhas eleitorais, Dilma disse que “esse debate é muito bom” para o PT. “Pode olhar tudo o que foi feito. Nunca se esqueça que foi a CGU (Controladoria Geral da União) quem descobriu a máfia dos sanguessugas. Tudo foi feito pela CGU, combinado com a Polícia Federal. Se teve um governo que levantou o tapete, foi o governo Lula. Antes não apareciam denúncias, porque ficavam debaixo do tapete, ninguém apurava. (…) E acabamos com a figura do engavetador-geral. Onde está o engavetador? A União não engaveta mais nada”, disse Dilma ao jornal.”

(Portal Terra)

20 comentários:

CIDADÃO 2010 disse...

AINDA BEM QUE EXISTE O PSDB PARA ABRIGAR POLÍTICOS FICHA-SUJA COMO O PREFEITO DE BOA VIAGEM:

O CERCO TÁ SE FECHANDO.

O PV aprovou nesta segunda (5) resolução que proíbe a participação de "fichas sujas" filiados à legenda nas eleições de outubro. O texto afirma que integrantes do partido que tenham condenação judicial definitiva não podem disputar as urnas este ano. Para a pré-candidata do PV ao Palácio do Planalto, senadora Marina Silva (AC), a medida mostra coerência do partido com os seus valores éticos. A resolução ainda impede a candidatura de políticos que tiveram suas contas relativas a funções públicas rejeitadas por atos de improbidade administrativa.

Anônimo disse...

Parte da imprensa se esforça para ver nos discursos do tucano José Serra e da petista Dilma Rousseff o que seriam “estratégias” de campanha. Divirjo um tanto. Vejo menos “estratégia” do que exposição da condição de cada um. Publiquei a íntegra de ambos, destacando trechos das duas falas. Eliminei da homepage as referências fartas de ambos às obras, para tentar me fixar, vamos dizer assim, no espírito das falas. E o que elas revelam?

Não faço juízo de valor (sei que muitos não vão acreditar nisso, mas não dou a menor bola), mas constatação. O discurso do candidato tucano é o de alguém autônomo, que deve a sua candidatura à sua própria biografia. O discurso de Dilma é o de uma subordinada. Ao destacar num post que ela chamou Lula de “senhor” 28 vezes, não me apegava a um detalhe, a uma firula, mas a uma evidência: ele existe; ela ainda não.

E a força da candidatura da petista, o que é reforçado por analistas e pesquiseiros, está, curiosamente, em não existir; a força de sua candidatura está em prometer o terceiro mandato de Lula. Ela não é autônoma, não quer ser autônoma e não quer parecer autônoma. A única aposta que pode levar Dilma à Presidência da República é a da brutal transferência de votos de Lula para ela. É duvidoso se tal transferência já aconteceu. Acho que não. Parece-me que, até agora, nem o tradicional terço de eleitores petistas transferiu sua confiança para a candidata. No Datafolha, ela apareceu com 27% dos votos.

Essa transferência patina num discurso meio escorregadio dos especialistas que varia da torcida ao chute — e há, às vezes, o esforço bastante escancarado para tentar fazer com que as previsões se cumpram. Lula grita ao mundo: “Ela é uma grande gestora”. Mas os números indicam rigorosamente o contrário. Há mais de três anos a imprensa, generosamente, fala de um PAC que nunca existiu — o presidente lançou o PAC 2 na boca da urna e se irritou porque muitos se interessaram em saber, afinal, o que aconteceu com o… PAC 1! Esse era o trunfo dela. E não há trunfo nenhum!

Assim, resta o seu grande ativo eleitoral: Lula. Daí aquele discurso de contínuo — ou contínua — do lulismo. Serra tem a sua própria biografia de homem público. Pode falar em seu próprio nome. E pareceu ontem bastante seguro, à vontade mesmo, para o papel que vai desempenhar em breve: o de candidato. Ontem, até os petistas devem admitir, ele pareceu mais “presidencial” do que ela.

Dada a reação dos leitores petistas, é possível que o discurso do governador os tenha impressionado também. Muitos compareceram este blog com coisas mais ou menos assim: “Não adianta falar bonito, o que conta é que o governo Serra é muito ruim…” Bem, petistas, vocês devem supor, acham ruim o governo, ao contrário da maioria dos paulistas. Mas notem: eles admitem que o tucano “falou bonito”. Foi um discurso, de fato, bastante convincente, próprio de quem pretende se colocar como líder, não como liderado.

Serra lembrou antigo lema de São Paulo, que ainda permanece no brasão da capital: “NON DUCOR, DUCO”: “Não sou conduzido, conduzo”. A rigor, pode dizer isso de sua trajetória . Dilma, com seus 28 “senhor”, revela o contrário: “NON DUCO, DUCOR”: “Não conduzo, sou conduzido(a)”.

Anônimo disse...

REGINA DO SAAE, como é que você coloca na fatura mensal do SAAE - ÀGUA, SABENDO USAR NÃO VAI FALTAR! Bem como, evide desperdicio LIGUE SAAE. Liguei denunciando o caso da mangueira e você nada fez. Tire essas babozeiras da fatura, se uma pode pq os demais não podem!!!! Abre o olho, tu quer ser tão correta!!!! E você Marton, tão desportista ainda tem coragem de defender esse prefito IRRESPONSÁVEL? Vocês acham tão bom encherem os bolsos de dinheiro nos dias de jogos, porque não tem com quem prestar conta. E por nenhum momento lembraram que precisavam tb investir nos jogadores, vocês lembraram apenas de ficar com a arrecadação. Onde os Assefs estão metidos é assim - ENRROLADAS. Estando bom prá eles o resto que se dane.

CIDADÃO 2010 disse...


Dilma não é só Lula. Dilma é Dilma

Quer falar de roubalheira? Pode vir quente...

“O debate centrado na ética é muito bom para a gente”.

“Se teve um governo que levantou o tapete, foi o Governo Lula. Antes não apareciam denúncia porque ninguém apurava. Acabamos com a figura do engavetador-geral. Onde está o engavetador ? A União não engaveta mais nada.”

“Vão ter que mostrar qual é a proposta para o Brasil não viver estagnado.”

“O Serra que me desculpe, mas ele não foi só ministro da Saúde.”

“Foi ministro do Planejamento.”

“Planejou o quê ?”

“O apagão.”

“O apagão que eu falo é o racionamento.”

“Porque o pessoa usa um pelo outro.”

“Racionamento é ficar oito meses sem energia.”

Prof Alfredo Carlos ! disse...

Colegas blogueiros,

Em São Paulo é cada vez mais triste, a situação dos Professores. Serra deixou o governo em meio a um turbilhão de dívidas e obras inacabadas. O vale-refeição de um Professor do estado, é atualmente R$ 4,00. Agora deixando esse vice, que é metido a Stanilista, não sei não, o quê vai ser dos Professores. Mesmo assim, vamos continuar acreditando com muita fé em Deus que um dia esses monstros irão acordar.

Anônimo disse...

O vale-refeição de São Paulo é conhecido como Vale-Coxinha, ou seja, mal dá para comprar uma coxinha.

CIDADÃO 2010 disse...

PISO ou PISA? EM BOA VIAGEM É PISA.

O piso dos professores da rede estadual de ensino deverá ser aumentado ainda neste mês. Já deu entrada na Assembleia Legislativa, e será lido hoje, o projeto de Lei do Executivo que atualiza o valor do piso do magistério passando dos atuais R$ 950,00 para R$ 1.025,00.

E O PISO DOS PROFESSORES EM BOA VIAGEM É DE QUANTO?

LEMBRAM DA PROMESSA DE CAMPANHA DO PREFEITO FICHA-SUJA QUE PROMETEU DAR UM AUMENTO NO PRIMEIRO DIA DE MANDATO?

POIS É, SÓ SE ELE PAGA O PISO A SUA IRMÃ PROFESSORA QUE VIROU EMPRESÁRIA COM SALÁRIO DE PROFESSORA, PORQUE O RESTO DA CATEGORIA CONTINUA NA PISA.

TAMBÉM COM A FALTA DE MOBILIZAÇÃO DA CATEGORIA ELE VAI DEITAR E ROLAR.

Luciano disse...

Boa Viagem divia fazer uma campanha para o Dr. Deodatinho voltar o seu título para nossa terra. Só vejo esse nome para recuperá a nossa cidade tão maltratada por esses políticos aproveitadores e enganadores. Volta Fr. Deodatinho.

Anônimo disse...

Patrocinio do BVEC. O galo do Sertão vai mudar de patrocinador, agora será a igreja universal. Atrás das camisetas virá escrito: "Só Jesus Salva".

Galo do Sertão - um time competente. COMPETE, COMPETE, COMPETE, MAS NUNCA GANHA !!!

Anônimo disse...

Como que o torcedor 45 tira a camisinha?


R- Peidando

Anônimo disse...

TU É DOIDO LUCIANO DEIXE DEODATO EM FORTALEZA TIRANDO PLACAS, EM BOA VIAGEM O POVO JA DEU O RECADO A ELE VARIAS VEZES, NÃO SE ELEGE A FISCAL DE QUARTEIRÃO, MEIA DUZIA DE BESTAS QUE ESCREVE AQUI NÃO DAR PRA ELEGER ELE.

Anônimo disse...

nem os SERVIDORES DO INSS,votam neste homem,imaginem o POVO CEARENSE..UM HOMEM ,QUE FOI CONTRA O AUMENTO DOS APOSENTADOS,QUE RECEBEM MAIS DE UM SALÁRIO MÍNIMO..EU MESMO,NÃO VOTO NELE...E OUTRA,COISA,ELE É NATURAL DE PICOS/PIAUÍ...MAS,UM PARAQUEDISTA...

Prof Alfredo Carlos ! disse...

Colegas blogueiros,

Os professores precisam exigir o que é seu. Aquilo que foi conquistado ao longo de décadas não pode de forma nenhuma ser escamoteado, dessa forma, conclamo a todos os colegas a serem mais enérgicos e fazer um movimento para que todas às suas conquistas sejam honradas, uma por uma.

Prof Alfredo Carlos ! disse...

Colegas blogueiros,

Os professores precisam exigir àquilo que é seu. Todas às suas conquistas históricas têm que ser cumpridas uma por uma. Dessa forma, conclamo a todos a serem mais enérgicos e exigirem tudo aquilo que está na lei do FUNDEB. Há muitas defasagens salariais, há casos de extrema defasagem salarial.

Anônimo disse...

E aí? Vai arriscar colocar essa “bomba” para [des]governar o Brasil?

Isso que não citei a “vida pregressa” de Serra, com escândalos como a Máfia da Sanguessugas, Máfia dos Vampiros, venda da Vale do Rio Doce, enriquecimento ilícito, crime do colarinho branco etc.

Corrupto talvez você já soubesse que Serra era – muito embora a Imprensa se esforce em abafar. Mas agora você também sabe que ele é incompetente e preguiçoso.

Anônimo disse...

COMO DIZ O CIRO GOMES, O SERRA É CAPAZ DE PASSAR COM UM TRATOR POR CIMA DA PRÓPRIA MÃE PARA SE DAR BEM.

“Eleições 2010 na Web: Começam as práticas deploráveis.
Autor: Luis Sucupira

Pelo que se desenha, antes mesmo de começar, a campanha eleitoral deste ano irá derrubar velhos conceitos sobre como fazer uma campanha política na Internet. De acordo com matéria do jornalista Luiz Queiroz, do site Convergência Digital (05/04) – “o deputado Brizola Neto (PDT-RJ) postou mensagem no Twitter, informando que uma empresa de informática estaria registrando domínios na Internet com objetivo de criar sites com o intuito específico de atacar a candidatura presidencial da ex-ministra Dilma Rousseff (PT).”
Leiam o restante aqui:

http://www.forumpcs.com.br/noticia.php?b=265928

Anônimo disse...

CAMPEONATO CEARENSE 2010.

Classificação Geral
Pos Clube PG
1 Guarany (S) 43
2 Fortaleza 40
3 Horizonte 39
4 Ceará 37
5 Ferroviário 36
6 Crato 30
7 Guarani (J) 25
8 Quixadá 24
9 Itapipoca 24
10 Maranguape 22
11 Limoeiro 22
12 Boa Viagem 16

GERARDA disse...

CARO CIDADÃO 2010

MUITO OPORTUNA SUAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O PISO SALARIAL. NOSSO PISO REPRESENTA UMA CONQUISTA DA NOSSA CATEGORIA; POR LE EDUCADORES E EDUCADORAS FORAM AS RUAS, LYTARAM, ENFRENTARAM OS PODEROSOS. PAGAR O PISO É OGRIGAÇÃO DE TODO GOVERNANTE. OBRE OS PODEROSSOS E A MÍDIA EM RELAÇÃO A EDUCAÇÃO BRASILEIRA VEJAMOS A OPINIÃO DE UM PROFESSOR BRASILEIROEducação - Carta do Prof. Saviani 06 Abril 2010
Posted in Últimas notícias

"A mídia, de modo geral, incluída a Folha [de S.Paulo], comunga com empresários e políticos o discurso, mais ou menos unânime, de que a educação, na dita "sociedade do conhecimento", em que nos encontramos atualmente, é a coisa mais importante, devendo ser, portanto, a prioridade número 1 dos governos e da sociedade como um todo.

No entanto, assim como os governos relutam em traduzir a referida prioridade em mais investimentos, a mídia também se nega a traduzi-la no noticiário referente às iniciativas educacionais. A semana que passou foi palco de um dos principais acontecimentos da educação brasileira: a Conferência Nacional
de Educação (Conae), aberta em Brasília na noite de 28 de março, e encerrada no dia 1º de abril.

Essa conferência tratou de dois temas fundamentais: a organização do Sistema Nacional de Educação e a elaboração do Plano Nacional de Educação, que deverá substituir o atual. Dos resultados da Conae deverão sair projetos de lei a serem encaminhados ao Congresso Nacional para discussão e aprovação.

Apesar da grande importância desse acontecimento, a mídia falada e escrita nada publicou a respeito. Acompanhei como assinante a Folha para ver o que seria publicado sobre o assunto. A Conae se encerrou e nada encontrei. Como explicar essa omissão da mídia diante de algo que ela mesma proclama como de transcendental importância? Seria tal proclamação apenas uma máscara a
disfarçar o desinteresse de nossas elites dominantes e dirigentes no que se refere a uma educação que efetivamente venha a propiciar a toda a população brasileira uma visão clara e consistente da situação em que vive?"

PROFA GERARDA disse...

CAROS LEITORES
APRESENTAMOS NOSSA CORRIGENDA DO TEXTO SOBRE EDUCAÇÃO
LE = EIE
LYTARAM= LUTARAM
OGRIGAÇÃO = OBRIGAÇÃO
OBRE= SOBRE
PODEROSSOS = PODEROSOS
Educação - Carta do Prof. Saviani 06 Abril 2010

Anônimo disse...

Olha essa Alfredo:

Do Blog do Reinaldo Azevedo:

Pois é… Quando Bebel mobilizou seus tontons-maCUTs para perseguir o então governador José Serra em inaugurações, um deles jogo um ovo contra o veículo em que ia o tucano. Deu-se grande destaque na imprensa a este movimento cívico… Agora é Bebel quem tem de enfrentar não uma ovo, mas uma chuva deles.

A greve, que nunca existiu, termina de forma melancólica. A categoria conta com 220 mil profissionais na ativa — havia no máximo mil pessoas na assembléia… Vai saber quantos eram professores de verdade… O impacto da paralisação foi mínimo. Até porque, todos os dias, 12 mil professores faltam ao trabalho — 5,5% do total. Isso porque uma das leis com as quais o sindicato queria acabar coíbe justamente o absenteísmo!

Bebel não levou nada, além do ridículo.
- o plano de carreira continua;
- a promoção salarial por mérito continua;
- o bônus continua;
- a escola para formação de professores continua;
- o material didático para a orientação das aulas continua.

Por incrível que pareça, eles queriam dar fim a tudo isso.

Os queimadores de livros perderam, e a educação de São Paulo ganhou. Suponho que Bebel se encantou com seu momento de fama e com o tratamento de celebridade que lhe dispensaram. Não percebeu que ela era a principal inimiga do movimento.

Prometeu quebrar a espinha do governo. Tentaram foi quebrar ovos no seu cocuruto. Acertadamente, o governo de São Paulo decidiu que não paga os dias parados. Quem quiser salário vai ter de repor as aulas que deixaram de ser dadas. Para os alunos, já é transtorno o suficiente.

Ontem, no encontro do PC do B, Dilma voltou a dar apoio ao movimento. Usando, assim, as metáforas ao governo lulista (e bebelista), a ideologia da perna peluda perdeu. Venceu a civilidade.

Os poucos professores que caíram na conversa tiveram uma lição de história: quando o sindicato cede às necessidades de um partido, quem perde é o trabalhador. É simples e elementar.